Sazonalidade Nos Negócios – Veja Como Solucionar



sazonalidade nos negócios
sazonalidade nos negócios

Você já enfrentou problemas de sazonalidade no seu negócio? A sazonalidade é realmente um vilão nos negócios, podendo levá-los a falência, por isso, montamos dicas e táticas para resolver o problema de sazonalidade nos negócios, aproveite!

A sazonalidade costuma assombrar os empresários, não apenas os inexperientes, mas também aqueles que estão longos anos no mercado. Isso ocorre porque em determinados períodos os negócios podem sofrer altas e baixas, os chamados picos e, normalmente, ocorrem em razão de fatores sazonais.




Nos negócios, podemos entender como sazonalidade tudo aquilo que ocorre frequentemente em determinados períodos, por exemplo, chuvas, datas festivas, secas, entre outros fatores.

Quer aprender como montar uma loja virtual?

Um empreendedor precisa prever como o seu negócio será afetado pelas sazonalidades, bem como, encontrar formas de minimizar os danos.

Existem negócios que são mais afetados pela sazonalidade, já outros nem tanto, porém, um pouco sempre é afetado, por isso, aproveite para aprender mais e ‘diminuir’ os riscos.

1. Descubra quais sazonalidades seu negócio está sujeito

Procurar soluções sem saber o problema é algo impossível, por isso, o primeiro passo para reduzir os problemas de sazonalidade nos negócios é descobrir quais aspectos sazonais sua empresa está exposta.




Para descobrir as sazonalidades que seu negócio está sujeito faça as seguintes perguntas:

  • Quais momentos minha receita é reduzida?
  • Isso ocorre frequentemente?
  • A ocorrência se dá em períodos fixos e determinados?
  • O que acarreta essa redução na minha receita?

Um exemplo clássico de sazonalidade que acontece principalmente em escritórios de prestação de serviços é o período de final de ano, em que grande parte das pessoas tiram férias, viajam e desaquecem a “economia”.

Conheça a teoria geral da administração e melhore a sua capacidade de gerir a empresa.

Nem todos os negócios estão sujeitos a sazonalidade mencionada acima, como é o caso das agências de turismo, as quais no período de final do ano tem um aumento significativo nos seus lucros, porém, sofrem redução em momentos que as férias são menos frequentes.

Pessoas que possuem negócios em regiões litorâneas estão acostumadas com a sazonalidade e buscam sempre diminuí-las, muitas vezes deslocando-se para outras regiões mais quentes (Nordeste) no inverno, para assim permanecer gerando lucros.


Aprenda as rotinas administrativas em uma empresa.

2. Sazonalidades decorrentes de datas festivas e períodos de folga

Na sazonalidade decorrente de períodos festivos será preciso estabelecer formas de conseguir “obrigar” os clientes a não abrirem mão de utilizar os serviços ou comprar os produtos da sua empresa, essa é a questão.

Ao contrário das outras formas de sazonalidade, esta ocorre por “vontade das pessoas” e não por força maior, como é o caso da natureza, podendo ser “revertida” de algumas formas relativamente ‘simples’.

Quando tiver problemas no seu negócio, lembre-se que a motivação profissional é muito importante!

Para conseguir resolver os problemas de sazonalidade em questão pense da seguinte forma: Como eu posso fazer para atrair as pessoas e fazer com que “abram mão do seu conforto” (porque é esse o motivo de não fazer nada nos feriados) para ir até a minha empresa e gastar seu dinheiro. Chegou a ser engraçado esse parágrafo, mas é isso mesmo que você tem que pensar.

Um exemplo prático de como fazer com que as pessoas saiam de casa em uma data comemorativa ou nos períodos de “férias”: liquida tudo com X% de desconto em toda a loja. Essa é uma forma de reduzir a sazonalidade nesses períodos. Você pode encontrar inúmeras formas para conseguir “driblar” esse problema, mas siga o mesmo padrão, busque qual a sazonalidade e descubra como fazer as pessoas “saírem do seu conforto” para se tornar seu cliente.

Esteja sempre preparado para uma mudança organizacional no seu negócio, pode ser que seja necessária também.




 3. Sazonalidade em razão de fatores ambientais

Chuva, sol, vento, frio, calor, são apenas alguns dos fenômenos que podem tornar seu negócio pouco lucrativo. Um exemplo clássico de negócio que está sempre observando a sazonalidade para evitar prejuízos é a loja de roupas.

Que tal alguns nomes para lojas de roupas?

Os comerciantes de roupas adquirem seus estoques nas mudanças de estações, por exemplo, no verão, compram roupas curtas e que correspondem a essa época e, quando percebem que não conseguiram terminar com seu estoque, fazem liquidações “loucas” para conseguir escapar do prejuízo. Já em estações mais frias, chega o momento de comprar casacos e roupas quentes e, por fim, segue o mesmo sistema de promoção caso não consigam vender tudo.

Bom, você já tem uma ideia de como é a sazonalidade ambiental, agora vamos trabalhar formas de minimizar os prejuízos decorrentes dela.

Melhorias no negócio para reduzir as interferências ambientais

Alguns negócios são passivos de sofrerem melhorias na sua estrutura para reduzir os problemas de sazonalidade ambiental, como é o caso dos bares.

Quer evitar problemas de sazonalidade? Procure por trabalhos em casa.

Um exemplo clássico de negócio que implementa uma melhoria para reduzir as sazonalidades ambientais é o bar que cria uma espécie de ‘toldo fechado’ para evitar que nos períodos mais frios os clientes deixem de ir até o bar e, consequentemente, consumir os produtos.

Oferecer produtos que diminuam a sazonalidade

Quando você possui um negócio que pode ser afetado pela sazonalidade ambiental é necessário unir todas as formas possíveis para reduzir o impacto e oferecer produtos que diminuam a sazonalidade é uma das principais.

Pra compreender o funcionamento dessa técnica vamos utilizar o bar novamente para exemplificar. Você tem um bar que vende muita cerveja no verão, mas no inverno é um desastre. Pense comigo, um frio de 4º graus, o que as pessoas desejarão tomar, cerveja, destilado, vinho, chocolate quente ou suco? Oferecer produtos ou serviços que se adaptam a demanda irá reduzir bastante o impacto da sazonalidade no seu negócio.

Lembre-se também de reduzir a quantidade de funcionários, é um custo que você pode evitar. Dúvidas quanto ao pagamento de verbas? Veja nosso texto sobre encargos trabalhistas.

Existem casos de pessoas que abrem até um novo negócio para balancear com o que já possui, tentando ganhar nas “duas pontas”. Por exemplo, você tem uma sorveteria no verão e no inverno uma cafeteria. Perceba que você conseguirá suprir a sazonalidade, porém, fazer o marketing será bem mais difícil.

Para encontrar o produto certo analise os locais em que as pessoas vão quando o período sazonal prejudicial para você acontece, assim poderá ter uma boa noção de quais produtos/serviços pode oferecer.

Alterar o ponto do negócio para vendedores ambulantes

Os vendedores ambulantes talvez sejam o público que mais sofre com as sazonalidades dos negócios, ainda mais quando se pensa no litoral, nesse caso é realmente um “desastre” para eles.

Veja, um vendedor de óculos de sol na praia, qual é o faturamento que ele terá na baixa temporada quando estiver mais frio? Provavelmente zero!

Nesses casos extremos a opção é preparar-se para levar seu “trabalho” para outros locais, como é o caso dos vendedores de água de coco na praia, os quais na baixa temporada “fecham” seus quiosques e deslocam-se para outras localidades mais quentes.

Já ouviu falar nos fundamentos básicos do marketing e negócio? Confira agora os 4 ps do marketing.

Tenha sempre um plano de negócios que preveja os possíveis riscos, inclusive de sazonalidade, sem contar a necessidade de elencar as principais maneiras de reduzir ou “evitar” os riscos, melhorando as chances de sucesso do seu negócio.

E você, pronto para aplicar as técnicas e reduzir a sazonalidade nos negócios?




FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

1 COMENTÁRIO

  1. Ótima dica! Realmente são dicas muito importantes para o lojistas! Atuo no ramo de Atacado de variedades e estamos nos empenhando bastante na divulgação das vendas dos itens sazonais de época. Então, se estamos na época de Férias de Verão, vamos vender Verão! Acessórios para praia, piscina, infláveis, kit balde de areia, óculos de natação, pistolas de água, bolas e caixas térmicas, entre outros! Conforme citado: “Coloque em destaque produtos típicos da estação e as tendências da temporada”.
    Parabéns pela matéria!
    Um grande abraço! Renato Nakazume, Nipo Center Atacado!

    :

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here