Motivação profissional



Motivação profissionalA motivação profissional é peça chave para ter sucesso no seu emprego e crescer. O profissional motivado é aquele que consegue ser bem sucedido a partir de atitudes positivas diante de um mercado de trabalho competitivo e que exige a capacidade de sair da zona de conforto e ter um comportamento proativo.

É certo que as motivações profissionais muitas vezes estão alinhadas a objetivos como: comprar uma casa, um carro, a realização de uma viagem e outros. Todas essas motivações são válidas, mas são passageiras, pois o profissional motivado é aquele que acredita que sua realização está na concretização de seus planos, objetivos e sonhos.




A motivação é, portanto, a característica de um ser pensante e que questiona o que pode oferecer e o que pode receber.

Para o grande autor de administração de empresas Chiavenato, o capital humano é formado por um conjunto de talentos para atuar na organização com estrutura, retaguarda e impulso.

No quesito motivação profissional, tanto o funcionário quanto a organização ganham, pois a empresa recebe maior dedicação e responsabilidade dos funcionários e vice-versa. É dever da empresa, oferecer ferramentas propícias para que os funcionários atinjam satisfação profissional e pessoal.

Como os programas motivacionais das empresas podem contribuir na motivação pessoal e profissional?

Os objetivos específicos para a implantação de um programa motivacional são: a verificação motivacional e o comportamento pessoal dos colaboradores.

A investigação do que motivou os colaboradores




A identificação dos diferentes tipos de ferramentas par melhor desenvolvimento das tarefas.

A verificação dos programas adotados pela empresa para saber se atendem à produtividade.

Variáveis para a motivação profissional

As variáveis que implicam na motivação profissional são: a satisfação quanto ao ambiente de trabalho, o projeto no qual está inserido, a produtividade e outras variáveis.

Segundo o autor Bergamini, a independência nas variáveis inclui o comportamento motivacional e a influência na revisão dos procedimentos necessários para a progressão na carreira.

Para as empresas é essencial o levantamento e investigação dos programas motivacionais e sua influência na produtividade e no bem-estar.


Conceito de motivação

A definição de motivação pode incluir diversos fatores, mas de forma geral, esses fatores são responsáveis por impulsionar profissionais para tomada de decisões, atitudes e empenho para a realização de tarefas rotineiras em busca de melhores resultados.

Os objetivos profissionais e pessoais formam um capítulo a parte no quesito motivação, o que move as pessoas e como determina comportamentos com certeza é a busca pelo alcance de objetivos traçados.

Outra variável importante para a motivação profissional é a diversidade de interesses. E sabendo que os profissionais são motivados por diferentes interesses, é necessário entender quais são os verdadeiros interesses que movem atitudes e objetivos.

A motivação, portanto, tem relação direta com a autoestima, criatividade e o desempenho no ambiente de trabalho que além de contribuir com os resultados empresariais também proporciona crescimento na carreira.

Teorias da motivação

Entre as teorias mais populares no estudo das relações humanas, a teoria que mais se destaca é a Teoria das necessidades de Maslow. Essa teoria é o modelo teórico que mais contribui para a identificação e classificação das necessidades humanas.

Na teoria de Maslow, as necessidades humanas obedecem a uma hierarquia de satisfação, ou seja, sempre que uma necessidade é satisfeita o ser humano está pronto para satisfazer a próxima necessidade.

A divisão das necessidades consiste em: necessidades fisiológicas, de segurança, sociais, de estima e de auto realização.




O estudo das necessidades revela como o ser humano se comporta com um ciclo de prioridades.

Herzberg foi outro estudioso da motivação e desenvolveu a chamada Teoria dos dois fatores, que consiste em duas premissas: a satisfação e a insatisfação.

Os fatores higiênicos são aqueles básicos para o ser humano e que consistem em suprir necessidades como: salário, segurança, alimentação, etc. Esses fatores formam a motivação que depende de variáveis como ambiente e condições de trabalho.

Os fatores motivacionais partem da premissa que a satisfação está relacionada a variáveis como: realização, responsabilidades, crescimento profissional e outros.

Para manter a motivação sempre em alta, as empresas investem em dinâmicas empresariais como o enriquecimento do cargo.

O enriquecimento do cargo consiste na substituição de tarefas simples por tarefas mais complexas, o que proporciona crescimento profissional. O enriquecimento de cargos busca dar condições para que o profissional aceite novos desafios e assim aumente sua satisfação profissional.

A satisfação é a característica que faz com que as sensações sobre ambientes ou situações sejam agradáveis e positivas. Portanto, a satisfação é um fenômeno de trabalho e extra-trabalho e que funciona de forma complementar.

Afinal, o profissional traz para o ambiente de trabalho suas crenças e opiniões sobre o que significa satisfação.

Em contrapartida, os profissionais devem possuir uma competência cada vez mais relevante para o mercado de trabalho. Esses profissionais são mais independentes, inovadores e possuem maior resiliência, além é claro de terem automotivação.




FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

2 COMENTÁRIOS

  1. Agradeço muito pelas dica e espero que continues a transmitir estes conhecimentos que esta a me tornar mais confiante nos meus negócios e nas minha decisões como empreendedor.
    Eu não sabia o conceito de empreendedorismo. hoje graça as suas dicas eu já posso dizer que sei.

    Obrigado, obrigado, obrigado força e sucesso para ti e para outros leitores.

    :

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here