Pedir Demissão – Pode Ser a Melhor Opção?



Pedir Demissão – Pode Ser a Melhor Opção?Está em dúvida se pedir demissão é a solução ou não? Veja nosso texto que irá ajudar nessa importante escolha.

Você chegou em casa estressado, acabou se desentendo com a sua família e tudo isso porque teve problemas e mais problemas no trabalho? Infelizmente, você não é o único nessa situação, tem muita gente que vive a mesma coisa todos os dias. Porém, não dá para ficar nessa para sempre, concorda? Até mesmo porque vai chegar uma hora em que a sua saúde será afetada, trazendo-lhe ainda mais complicações.




Mas o que fazer para se livrar de um trabalho que está interferindo negativamente na sua vida? Pois bem, antes de qualquer coisa é necessário avaliar se o problema é com você ou com a empresa. Caso a resposta seja a segunda alternativa, há duas opções para escolher, tentar melhorar o ambiente de trabalho ou pedir demissão.

Veja um modelo de pedido de demissão e tenha uma noção de como funciona.

Porém, quando se fala em pedir demissão, muitas pessoas chegam a ter arrepios. De fato, trata-se de um assunto espinhoso, pois com tanta concorrência no mercado pode haver a incerteza se a pessoa irá ou não encontrar um emprego melhor.

Por isso é necessário estudar este processo com muita cautela, analisando todos os prós e contras, inclusive no tocante a sua capacitação para o mercado, remuneração que recebe no emprego, período para conseguir uma nova vaga, necessidades familiares (orçamento), entre outros fatores. Então, já tenha uma planilha de gastos e verifique como estão as coisas na sua casa.

Para você que está em dúvidas se continua no seu emprego ou não, reunimos aqui algumas dicas sobre pedir demissão. Aproveite!




Será Que Pedir Demissão é a Solução?

Essa é uma pergunta que frequentemente nos fazemos, ainda mais quando a situação está ‘crítica’, neste caso, são inúmeras vezes ao dia.

Pedir demissão é uma atitude difícil de tomar, uma vez que você sairá perdendo alguns dos seus direitos e pode ser que não encontre um novo trabalho rapidamente, ficando exposto a uma situação financeira instável. Levando isso em consideração, há que se refletir muito antes de se desligar da empresa.

Na verdade, quando você decide pedir demissão, seus direitos são muito semelhantes a demissão por justa causa, por isso, tome cuidado, sem poder sacar FGTS ou direito ao seguro desemprego!

Mas, como saber quando pedir demissão? Bom, há pessoas que vivem saindo de um emprego para o outro. Neste caso, pode ser que o problema esteja nela, pois não está conseguindo se adaptar ou oferecer aquilo que as empresas exigem dela, o que culmina em um desempenho ruim. Nesta situação, é o indivíduo que deve procurar melhorar para conseguir atender as necessidades da parte contratante.

Porém, caso você seja qualificado e dá sempre o melhor de si, mas trabalha em uma empresa que paga pouco, exige muito, tem inúmeros problemas, não oferece oportunidades de crescimento e nem demonstra que pretende mudar, a solução é, provavelmente pedir demissão.


O Que Você Perde Quando Pede Demissão?

Quando um funcionário pede demissão estará sujeito a perder alguns benefícios, sendo necessário estar plenamente consciente disso para não se arrepender depois.

O indivíduo que se demite não terá o direito de receber o seguro desemprego, que é o valor do salário pago em até 5 parcelas para quem é demitido sem justa causa.

Além disso, ao pedir demissão, a Legislação Trabalhista prevê que o funcionário deve cumprir o aviso prévio, que é continuar trabalhando por mais 30 dias após a solicitação de desligamento da empresa. Caso ele não queira trabalhar durante este tempo terá um mês de salário descontado do seu acerto, também chamado como: indenizar o aviso prévio.

Muitas vezes é interessante ir falar com o pessoal responsável pelo RH (Recursos Humanos) e explanar os acontecimentos, ver se consegue um aumento, incentivos, enfim, resolver. Acredite, as empresas estão com dificuldades em encontrar mão de obra qualificada e funcionários dedicados, caso você seja um, farão o possível para resolver a situação de forma que fique boa para ambas as partes.

Conheça Alguns Motivos Para Pedir Demissão

Pedir demissão, com certeza, é uma decisão delicada e que só você deve tomar, pois conhece muito bem a sua situação. Mas, para te ajudar a refletir nesta decisão, acompanhe abaixo alguns motivos que podem ser usados como argumentos para pedir demissão:

1- A Vida Não é Uma Corrida

Uma das principais causas de insatisfação no trabalho é proveniente da vida extremamente corrida que o funcionário leva. Muito provavelmente, desde criança você foi programado para ter um bom emprego, sendo estimulado a estudar, entrar na faculdade, conseguir um estágio, ser efetivado, galgar cargos e ser bem sucedido.

Não tem nada de errado nisso, mas quando você passa a viver apenas para atingir estas metas, a tendência é que comece a encarar a vida como uma corrida, o que não é verdade.




Caso o seu trabalho exija que você esteja sempre competindo e se preocupando em assegurar o seu lugar dentro da empresa, talvez seja a hora de buscar novos horizontes, ou, pelo menos, ter uma conversa com seu superior.

2- Não Deixe Para Curtir a Vida Quando Se Aposentar

Um erro muito comum entre as pessoas que costumam se dedicar integralmente ao trabalho é querer aproveitar a vida quando se aposentarem. Isso, com certeza, é um grande equívoco. A vida é hoje, agora, e se você não prestar atenção irá passar voando, fazendo com que as melhores épocas fiquem para trás.

Portanto, analise se o seu trabalho está tomando muito tempo e o impedindo de viver a vida no presente. Mas claro, seja coerente, qualquer trabalho irá lhe tomar tempo, o que estamos dizendo é que você tem de ter um tempo de lazer.

Caso não esteja tendo o mínimo de tempo necessário, talvez seja o momento de parar e pensar se é isso que você realmente quer para a sua vida, perder a juventude trabalhando e deixando de aproveitar as coisas boas ou se é melhor ter hora certa para trabalhar e para se divertir enquanto há tempo.

3- Cuide Da Sua Saúde

Depois de um dia cansativo na empresa você chega em casa e mal consegue relaxar porque está com dor de cabeça? Esse é um sinal de que o seu emprego está começando a afetar a sua saúde, o que é um perigo, pois pode desencadear stress, depressão, entre outras doenças.

E acredite, muitas dessas doenças irão lhe acompanhar mesmo saindo do trabalho, por isso é bom fazer o possível para sequer desenvolvê-las.

Certamente você não quer se “matar” aos pouco, não é mesmo? Se o seu trabalho chegou ao ponto de interferir negativamente na sua vida, é preciso atender a esse pedido de socorro do seu organismo e procurar emprego em um local menos turbulento, em que trabalhar não seja sinônimo de se estressar.

Mas tome cuidado! Ás vezes é questão de tirar umas férias, antes de pensar em pedir demissão, aconselho a analisar se você tirou férias no último ano. É comum as pessoas acharem que “estão ficando doentes” por causa do trabalho, mas a questão não é o trabalho em si, e sim o período de tempo ininterrupto sem férias.

4- Reserve Um Tempo Para Você

Quando foi a última vez que você se divertiu no final de semana ou saiu de férias para viajar? Não sabe responder? Então é porque a coisa está séria mesmo. É necessário entender que o trabalho é algo importante que faz parte da sua vida, mas ele não é a sua vida, logo, as duas coisas devem ser conciliadas de maneira harmônica.

Um motivo forte para pedir demissão é o de querer ter um tempo só para você. Se a empresa rouba todo o seu tempo durante a semana e no final de semana, isso não é nada sadio e com o passar do tempo as consequências irão aparecer, causando problemas de saúde ou de relacionamento com as pessoas do seu convívio pessoal.

Outro ponto interessante de ser mencionado é que, caso você opte por trocar de trabalho e encontre algum que lhe permita mais tempo livre, você até achará estranho, existem casos de pessoas que até não conseguem se habituar, por isso, sugiro que leia nosso texto sobre como lidar com a mudança.

5- Fuja De Ambiente Com Pessoas Desmotivadas

Você acorda disposto a ter um bom dia de trabalho, mas quando chega na empresa “dá de cara” com um monte de gente de cara amarrada e desmotivada? Mesmo que de forma inconsciente isso irá afetar o seu desempenho, criatividade e humor. Neste caso, há pouca coisa a se fazer, uma vez que um ambiente descontraído e leve para trabalhar depende do bem estar de cada funcionário. Para não ser mais uma pessoa desmotivada, o ideal é buscar outro emprego.

Caso você ache que pode ainda mudar essa situação, pode fazer uso do nosso texto sobre motivação profissional, com certeza irá ajudar bastante.

6- Você é Uma Peça Substituível, Sua Demissão Não Irá Causar o Fim Do Mundo

Um motivo muito comum que mantém as pessoas em seus trabalhos, mesmo quando estão insatisfeitas, é o fato de terem criado vínculos com a empresa ou chefe. Quando isso acontece, a tendência é que o indivíduo não queira se demitir por achar que está sendo ingrato, que vai fazer muita falta e que a empresa vai virar um caos sem ele.

Na verdade, é uma forma de “alimentar o ego” do indivíduo, desculpe-me, mas verdade seja dita! A empresa não sobrevive sem mim, eu sou o “melhor”. Não se sinta envergonhado, 95% das pessoas pensam dessa mesma forma em seus empregos.

Neste tipo de situação, tenha em mente que você é uma peça substituível! Será que se a empresa precisasse fazer um corte de custos iria te poupar? O que vai acontecer com a empresa após a sua demissão não é mais problema seu. Criar vínculos não é suficiente para obter reconhecimento moral, financeiro e ser feliz no seu trabalho.

Pronto Para Tomar Sua Decisão? Pedir Demissão é a Solução Ou Não?




FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here