Indicadores e Metas



Indicadores e Metas
Indicadores e Metas

Os indicadores existem para medir aspectos importantes para as empresas: controle, melhoria, informação e outros. A função dos indicadores compreende: a mensuração da estratégia e a comunicação de resultados. Sendo que esses resultados são obtidos com o auxilio da comparação.

Os indicadores podem utilizados em todo o processo estratégico:

Desde o planejamento até a tomada de decisões, como também é importante para que as decisões sejam baseadas em dados confiáveis e assim as decisões serão mais seguras.




O indicador deve ser sempre quantificável, pois a função dos indicadores é controlar, medir, acompanhar e melhorar resultados.

Componentes dos indicadores

Os principais componentes dos indicadores são:

Medida – medida é uma relação matemática que pode ser: peso, comprimento, porcentagem e etc. O importante é que a medida seja capaz de classificar quantitativa ou qualitativamente: processos, produtos, resultados, características e outros.

Índice – quanto ao índice temos que é responsável por medir um indicador em determinado período.

Comparação – os indicadores possuem padrão para uma avaliação que seja aceitável.

Formula – é a maneira como se obtém um resultado matemático.




Metas – são indicadores mensuráveis e que deverão ser atingidos em determinado período.

Funções dos Indicadores

Os indicadores são utilizados por empresas de todos os portes, com a função de orientar a empresa de forma estratégica e ainda oferecer um diagnostico real da situação da empresa.

Os indicadores são necessários para medir o desempenho das empresas, acompanhando o quanto as empresas estão distantes ou próximas de alcançar resultados.

De forma técnica os indicadores podem ser entendidos como uma linguagem própria para a tomada de decisões. Mensurar resultados é importante para formular o futuro da organização, considerando o contexto competitivo.

Progresso

Uma das funções dos indicadores é a mensuração em busca do crescimento e progresso contínuo. Com isso, um dos indicadores mais completos para a organização é o indicador de desempenho.


Isso porque os indicadores de desempenho buscam demonstrar o quanto a empresa está conseguindo ser eficaz e eficiente. Quando não existem indicadores a empresa não consegue focar no que realmente é relevante para a empresa.

Indicadores como Ferramenta

O ser humano sempre está em busca de medir e comparar resultados. Mas no universo da administração de empresas os indicadores só surgiram no final do século XIX.

As economias que mais crescem no mundo são aquelas mais eficazes em medir desempenho, isso porque os indicadores fazem com que sejam evitados desperdícios e ainda ressalta a melhoria contínua.

Benefícios dos indicadores de desempenho

Os indicadores de desempenho proporcionam maior previsibilidade e também concretude na condução das atividades empresariais. Além disso, outros benefícios é poder tomar decisões de forma racional e criteriosa.

Pois, os indicadores podem ser construídos e analisados sob os diversos critérios e ainda existe a escolha dos padrões de resultados. E partir dos indicadores as empresas podem desenvolver mecanismos para gestão como: pagamento por desempenho, equilíbrio entre gestão e lucros e etc.

Requisitos para indicadores

Os indicadores possuem diversos requisitos que tornam os indicadores eficientes e eficazes como:

A disponibilidade – este requisito significa que o indicador possui acesso para coleta de dados e sempre que necessário está disponível.

A simplicidade – consiste na facilidade de compreensão e de análise.




A estabilidade – um indicador deve ser confiável e por isso deve ser permanente no tempo e até formar uma série histórica.

Rastreável – para ter-se um indicador confiável é necessário que seja fácil identificar dados pelo registro e realizar a manutenção dos indicadores.

Confiabilidade – os indicadores confiáveis são aqueles que possuem um registro confiável e abrangente.

Representatividade – deve atender ás necessidades das empresas e processos críticos.

Gerenciável – é importante que indicador possa ser mensurável, flexível, objetivo e padronizado para comparação.

O importante é destacar que o desempenho organizacional é uma ferramenta e está em constante crescimento. Por isso, os indicadores de desempenho devem focar áreas de interesses integrados, clientes e até esforços organizacionais em busca de melhoria.

Gestão do desempenho

Não tem como as empresas praticarem gestão do desempenho sem o auxílio de indicadores, pois gerir o desempenho significa:

Ter uma visão de futuro.

Planejamento – planejar consiste em diagnosticar a empresa e assim criar estratégias para o futuro a ser alcançado.

Projeção – desenvolver de forma eficaz possíveis sistemas de medição e controle.

Estimulo ao crescimento – trabalhar com indicadores traz a possiblidade de estimular uma cultura organizacional focada no desenvolvimento e melhoria contínua.

Tipos de indicadores

O universo da gestão pode trabalhar com diversos tipos de indicadores e cada empresa deve escolher qual o tipo de indicador que melhor atende ás suas necessidades de gestão.

Os principais tipos de indicadores são:

Indicadores de efetividade – como efetividade é fazer as coisas certas da maneira correta, então esse indicador tem foco no impacto de produtos e produtos e serviços.

Indicadores estratégicos – informa para a organização o quanto a empresa está próxima dos seus objetivos.

Indicadores de produtividade – na verdade a produtividade é uma medida de eficiência, por isso esse indicador mede o equilíbrio entre recursos consumidos e objetivos alcançados.

Indicadores de capacidade – mede o alcance da capacidade de resposta de determinado processo.

Como exemplo tem que a equação para indicadores de produtividade pode ser representada por:

Total de produtos produzidos/consumo de energia elétrica*100= % de produtos produzidos por energia elétrica.

Indicadores de desempenho

Todo sistema que visa medir o desempenho é formado por indicadores que têm a função de verificar o quão distante as empresas estão de alcançar objetivos. Muitos gestores que elaboram estratégias quase sempre se distanciam dos detalhes envolvidos no conjunto de medidas de desenvolvimento.

As medidas de desempenho devem constar o equilíbrio entre os interesses dos stakeholders, o foco no cliente e os processos organizacionais. Os indicadores são importantes motivadores e orientadores de direção, pois informam ás pessoas o que elas estão fazendo, como estão se saindo e como são suas ações.

E ainda os indicadores comunicam o desempenho importante para a organização no que tange:

Estratégia em todos os níveis organizacionais, resultados que já foram alcançados e a serem alcançados. Ações de controle e melhoria.

As situações em que devem ser utilizados os indicadores de desempenho são:

Planejamento estratégico – a utilização dos indicadores no planejamento estratégico consiste em integrar processos de gestão, ligando a estratégia á execução. Pois, a estratégia também é um processo gerencial que abrange melhoria continua, produtividade e melhor desempenho da organização em busca de maior competitividade.

Processo orçamentário – no processo orçamentário os indicadores também são necessários para: alocação e aplicação de recursos de forma otimizada, avaliação dos gastos e de relatórios financeiros.

Avaliação de resultados – os indicadores de resultados têm a função de verificar o que foi alcançado desde a fixação dos objetivos.

Marketing – o marketing é a forma de comunicação de valor da empresa com o meio externo, então o marketing também utiliza indicadores para comunicar seus resultados, sua qualidade e etc.

Qualidade – medir a qualidade é essencial para empresas que pretendem continuar competitivas, por isso os indicadores de qualidade são também essenciais.

Medida de Desempenho

A medida de desempenho pode ser conceituada como as atividades dentro de um processo ou os resultados atingem uma meta específica. As medidas de desempenhos são desenvolvidas pela direção até o nível operacional e interligam processos, recursos e plano estratégico. Medida de desempenho é a quantificação do conceito acima.

Objetivos dos indicadores de desempenho

Os indicadores de desempenho possuem vários objetivos:

Compromisso de medir satisfação dos clientes, controlar o progresso da organização, análise estatística de processo de produção e serviços.

Acompanhar as mudanças e planos de melhoria. Comparar desempenho.

Como devem ser os indicadores de desempenho

Os indicadores de desempenho organizacional devem obedecer aos requisitos:

Qualidade – os indicadores de qualidade medem a excelência de produtos e serviços e como são vistos por clientes internos e externos.

Tempo – esse indicador é importante, pois cada empresa possui sua própria velocidade e tempo de resposta ao ambiente externo, como: concorrência.

Custos – indicadores de custos tem o compromisso de medir o desempenho financeiro da empresa, considerando os custos com gestão, pessoal e processos.

Como escolher indicadores

Desde a Revolução Industrial que as organizações possuem objetivos de melhoria constante e de evolução e, portanto, implantam sistemas de medição para medir produtividade, lucro, eficiência e outros.

Os sistemas de medição, portanto devem ser escolhidos de forma a atender:

As necessidades da empresa quanto aos fatores de melhoria para atendimento dos clientes, para desempenho operacional, de processos.

Ou seja, de nada adianta a empresa ter indicadores que trabalham com produtividade dos funcionários se a atividade-fim da empresa é voltada para atendimento dos clientes, pode ser que a produtividade melhore, mas e a qualidade dos atendimentos quando será medida de forma eficiente?

Um indicador também deve tornar mais fácil a análise estatística, considerando fatores como qualidade, custo, tempo. Outra proposta do indicador deve ser a de orientar ações que assegurem melhorias para o progresso contínuo da organização.

E ainda os indicadores devem oferecer respaldo para decisões a partir de uma base confiável. Acrescentamos que os indicadores devem os indicadores devem possuir precisão e custo-benefício.

Portanto é necessário escolher os indicadores e metas que melhor atenda ás necessidades da empresa e que em longo prazo oferecerá uma base para resultados de crescimento.

Indicadores e objetivos das empresas

Ao aplicar indicadores de desempenho a empresa deve considerar quais são seus objetivos organizacionais e se orientar pelo quadro:

Objetivos de curto Objetivos de longo prazo
Possui uma visão do presente Visão de futuro
As medidas são financeiras Medidas não são financeiras
O foco é interno A ênfase é externa
A ênfase é de âmbito operacional A ênfase de âmbito estratégico

Dificuldades para medir resultados

Possuir uma gestão baseada em indicadores é forma mensurável e razoável para tomada de decisões e preparação para o crescimento, porém é necessário que a empresa esteja atento ás possíveis dificuldades encontradas:

Comparar somente o previsto e não realizar questionamentos, utilizar indicadores sem foco na melhoria contínua, possuir indicadores apenas para punir erros, apenas para cortar gestos, sem considerar qualidade, não focar a satisfação dos colaboradores e dos funcionários, em realizar a análise da variabilidade dos resultados e quantidade excessiva de indicadores. Portanto, trabalhar com indicadores não pode ser um processo realizado de forma aleatória e sem planejamento.

Aprendeu sobre Indicadores e Metas? Que tal colocar em prática?




FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here