Ambiente de Marketing – Aprenda Mais Sobre o Assunto



Ambiente de Marketing – Aprenda Mais Sobre o Assunto
Ambiente de marketing

Está criando uma campanha de marketing? Lembre-se que o ambiente de marketing é fundamental para o sucesso dela, por isso, aprenda aqui como preparar o ambiente de marketing!

Se você é responsável pela gestão de uma empresa sabe que deve estar atento a tudo que acontece na sociedade e o que a envolve, pois isto implica em mudanças no relacionamento da empresa com o seu público consumidor. É por isso que a empresa tem que compreender o ambiente de marketing e o controlar para não ficar para trás.




O ambiente de marketing nada mais é do que todos os fatores sociais e empresariais que possuem relação com a empresa. Muitas empresas se concentram em apenas desenvolver o marketing sem estudar o seu ambiente, o que é uma jogada muito arriscada, uma vez que se ocorrer alguma mudança inesperada todo o planejamento poderá falhar e causar grandes prejuízos financeiros e morais.

Produzir um bom planejamento estratégico significa que, antes de desenvolver qualquer campanha de marketing é necessário fazer um estudo profundo do seu ambiente. Para facilitar reunimos uma série de informações sobre o que é e o que deve ser levado em consideração no ambiente de marketing.  Aproveite!

Como o ambiente de marketing se define?

De maneira simples, pode-se dizer que o ambiente de marketing é um conceito que envolve outros ambientes em que o público-alvo da empresa está inserido, por exemplo, ambiente de renda, econômico e sociocultural. É estudando estes pontos que a empresa deve fazer a sua campanha de marketing. Afinal de contas, se ela trabalha como consumidores da classe média, é necessário levar em consideração quais são os hábitos culturais das pessoas que pertencem a ela.

Além disso, os ambientes que fazem parte do ambiente de marketing funcionam como atores e forças extremas que são capazes de afetar de forma positiva ou negativa a administração da empresa (veja a teoria geral da administração) e o modo como ela se relaciona com os seus clientes.

Logo, é importante ressaltar que o ambiente de marketing é constituído por oportunidades e ameaças, cabendo ao gestor saber contornar o que é ruim e aproveitar o que traz benefícios para a sua marca.




Composição do ambiente de marketing:

Se você quer chegar a uma conclusão do ambiente de marketing atual da empresa que está gerindo é preciso conhecer a composição do ambiente de marketing, a qual deve ser estudada separadamente e, posteriormente, analisada em conjunto para obter os dados que a empresa carece para melhorar o relacionamento com os clientes. Acompanhe abaixo:

1 – Ambiente de renda

A sua empresa está ingressando no mercado, deseja criar uma nova segmentação ou mudar o direcionamento do seu público-alvo? Estudar o ambiente de renda é de fundamental importância para planejar as campanhas de marketing.  Este ambiente diz respeito à forma como o dinheiro é distribuído entre as classes sociais, quem ganha mais, médio ou menos, este fator explica como as pessoas de cada classe se comportam em relação ao consumo de produtos e serviços.

A partir da análise da renda do seu público-alvo a empresa saberá que tipo de produto lançar e como apresentá-lo. Por exemplo, é comprovado que as pessoas da classe econômica C dão mais importância à funcionalidade da mercadoria do que ao seu design, logo se o marketing da empresa é voltado para estes consumidores, as campanhas devem ressaltar as utilidades das suas mercadorias.

É interessante também trabalhar o marketing digital nas redes sociais, porque é uma forma que costuma trazer resultados rapidamente, sem contar que o custo é bem acessível.

2 – Ambiente econômico

O ambiente econômico se caracteriza como um dos mais importantes dos ambientes de marketing, uma vez que é a partir dele que a empresa saberá se o seu mercado de atuação está favorável e como deve investir de modo que os recursos financeiros utilizados retornem em forma de lucro.


Claro, você deve observar o seu plano financeiro para investir, não basta apenas ter um ambiente econômico favorável para se “jogar” no mercado e esperar que tudo aconteça conforme você espera. Lembre-se que imprevistos não são apenas possíveis, e sim comuns de acontecer, e para isso você precisa estar bem preparado!

A equipe de marketing deve se incumbir de estudar a economia do país, da região em que a empresa está instalada e na área em que atua. A partir dos resultados obtidos a campanha de marketing terá de ser feita observando os aspectos econômicos que cercam a empresa e os seus clientes.

Por exemplo, caso a empresa comercialize eletrodomésticos e houve uma alta nos preços das geladeiras será necessário focar nas funções do produto e até mesmo oferecer eventuais descontos.

Compreenda mais sobre o assunto, estude sobre a composição do preço, irá fazer toda a diferença no seu negócio.

3 – Ambiente demográfico

Entender o ambiente demográfico é um ponto fundamental para a campanha de marketing, isso porque possibilitará que você trabalhe exatamente com a língua do seu público-alvo e não acabe “queimando” a imagem da empresa. Esse ambiente consiste em conhecer, com profundidade, as características da região e como elas moldam o comportamento das pessoas para a qual o marketing será direcionado.

Dessa maneira, se uma empresa de vestuário está instalada na região litorânea do Nordeste do Brasil, as campanhas tem que levar em consideração o ambiente praiano em que o seu público consumidor está inserido, buscar usar os elementos do dia a dia das pessoas, fazendo com que reconheçam o ambiente e a elas mesmas.

Para descobrir o seu público-alvo, analisa-lo e entender como você deve moldar o seu negócio, uma boa dica é fazer uma pesquisa de mercado, na qual os consumidores responderão previamente perguntas e irão conferir a você uma forma de pensar e trabalhar.




4 – Ambiente sociocultural

Pode-se definir o ambiente sociocultural como o conjunto de todos os ambientes citados anteriormente, pois é a renda, a economia e a demografia que irão moldar o comportamento sociocultural do público consumidor da empresa, uma vez que estes fatores evidenciam como as classes econômicas se compõem.

Neste quesito, a equipe de marketing tem que estudar principalmente as características culturais dos consumidores como, por exemplo, os lugares que eles costumam frequentar e com qual frequência, as razões que os levam a consumir determinados produtos, ou seja, todos os aspectos que fazem com que o seu cliente seja como ele é. Ao compreender o ambiente sociocultural, o marketing poderá ser desenvolvido com a linguagem do público-alvo, atingindo-o de maneira mais eficiente.

Conheça os ambientes de marketing próximo à empresa:

Bom, até agora, você conheceu os ambientes de marketing que envolvem a empresa em um contexto geral, que são considerados fatores externos. Porém, também é necessário saber que existem ambientes de marketing mais próximos à empresa, que podem ser chamados de fatores internos ou microambiente.

Não podemos deixar de frisar que o ambiente de marketing interno é tão importante quanto o externo, pois ambos precisam estar bem estruturados e “andar juntos” para ser possível atingir o objetivo final.

Conheça agora o que faz parte do ambiente de marketing interno e exemplos de microambiente:

1 – A empresa

O gestor também deve encarar a própria empresa como um ambiente de marketing, pois antes de elaborar os planos de campanha tem que conhecer e estudar os grupos que fazem parte da empresa como, por exemplo, o departamento de finanças, administração de topo, pesquisa de desenvolvimento, compras, contabilidade e produção. Tudo que é feito nestes microambientes é capaz de impactar as campanhas de marketing da empresa, logo, é preciso acompanhá-los de perto.

Existem casos de empresas de médio e grande porte que efetuaram a contratação de especialistas em gestão de pessoas apenas para fazer a fiscalização dos setores, assim, veja o grau de importância disso.

2 – Os fornecedores

Os fornecedores são um ambiente de marketing que funciona como um elo de entrega de valor entre a empresa e os seus clientes, uma vez que são eles que geram os recursos para que ela produza os seus serviços e mercadorias. Portanto, é preciso acompanhar as mudanças que ocorrem neste setor e que impactam na empresa.

Qualquer mudança que ocorra com os fornecedores da empresa ou com os seus produtos pode impactar de maneira positiva ou negativa a sua relação com os consumidores. Quando a empresa monitora os seus fornecedores, ela corre menos riscos de ser pega de surpresa e pode tirar proveito das oportunidades que aparecerem.

3 – Os intermediários do Marketing

Os intermediários do marketing são classificados como atacadistas, varejistas, agentes, revendedores, manuseios, transportadoras, entre outros. A empresa também deve se preocupar em conhecer o comportamento, funcionamento e se relacionar bem com as áreas que pertencem a este ambiente. Ao fazer isso, o desempenho da empresa pode ser otimizado, agregando mais praticidade para os planos e campanhas de marketing.

É importante frisar que o bom atendimento a todos que fazem parte da sua empresa, seja como cliente ou colaborador, é fundamental, isso apenas irá engrandecer o seu empreendimento e torna-lo bem visto aos olhos das demais pessoas.

E você, está pronto para trabalhar o ambiente de marketing no seu negócio?




FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here