Ferramentas de Marketing – Aprenda Como Utilizá-las



Ferramentas de Marketing – Aprenda Como Utilizá-las
Ferramentas de Marketing

O papel do marketing é fundamental em qualquer negócio, por isso aprenda agora as ferramentas de marketing mais utilizadas!

Para uma empresa ser bem aceita pelo seu público-alvo e consequentemente lucrativa ela precisa investir em um marketing eficaz. Existem dezenas de casos de empresas que não possuem “nada de especial” em seus produtos, seus preços são altos, mas possuem índices de vendas incríveis, apenas fazendo um bom marketing!




O marketing começou a ser mais estruturado e usado com veemência a partir da década de 60, quando as empresas sentiram a necessidade de enfrentar a concorrência, ganharem visibilidade e aumentar os seus rendimentos. Desde então, ele seguiu se modificando de acordo com as tendências do mercado, adotando novas estratégias e ferramentas que auxiliam no seu alcance.

Com a constante evolução dos meios de comunicação, principalmente no que diz respeito à internet, cada vez surgem mais ferramentas de marketing que auxiliam no desempenho e “publicidade” das empresas.

Como o assunto é ‘relativamente’ complexo e tem muita importância, criamos para vocês um texto focado apenas nas ferramentas de marketing e alguns conceitos importantes, aproveite!

O que são as ferramentas de marketing?

As ferramentas de marketing são recursos que podem ser usados para aumentar a efetividade das campanhas de marketing, podendo ser aplicadas no contexto total ou em ações isoladas. Estas ferramentas estão disponíveis especialmente no meio virtual, possibilitando que a empresa consiga atingir o seu público em maior escala, mensurar o seu nível de aceitação na Web, desempenho em um determinado período, formas de como atrair os internautas, entre outras coisas.

É importante compreender que as ferramentas de marketing precisam ser usadas para auxiliar em determinadas ações, mas não devem ser classificadas como as “salvadoras da pátria”. Além disso, para que elas realmente funcionem é importante que a empresa saiba selecionar as que melhor correspondem as suas necessidades.




Lembre-se que o marketing em si é formado por 4 ‘ps’, veja nosso texto sobre os 4 ps do marketing.

Qual é a importância das ferramentas de marketing?

As ferramentas de marketing são muito importantes para a realização de planejamentos e campanhas eficazes, por isso as empresas devem dominar o uso destes recursos, sabendo como usá-los a seu favor de forma adequada.

Recorrer a estas ferramentas traz como vantagem uma maior organização, permitindo que as estratégias sejam divididas em ações isoladas.

Para melhorar ainda mais a organização da empresa e projetos, você pode utilizar também as ferramentas administrativas, costuma-se obter bons resultados unindo ambas.

Além disso, as ferramentas de marketing também ajudam a otimizar o trabalho, deixando a empresa atualizada, economizando tempo e até mesmo dinheiro, contribuindo para ter maior visibilidade na internet, estabelecendo um relacionamento com o público consumidor e conquistando novos clientes, o que claramente aumenta a lucratividade.


Ferramentas de marketing – Quais são?

Saber que as ferramentas de marketing são importantes não resolve o problema de um negócio, é preciso conhecê-las e aprender a aplicá-las.

Não é difícil escolher as ferramentas mais adequadas para o seu negócio, desde que se saiba as principais existentes, por isso, trouxemos para você as melhores.

Abaixo vamos estudar quais as ferramentas de marketing mais utilizadas e eficazes.

1. Benchmarking

Uma das principais ferramentas de marketing é o Benchmarking. Definido como um método sistemático que consiste na procura e eleição de ideias inovadoras, melhores processos e procedimentos assertivos de operação, tudo isso visando otimizar o desempenho da empresa no mercado.

Perceba que é uma espécie de busca de dados sobre os setores internos e externos da empresa. Claro, é importante que as pessoas que trabalharão com essa ferramenta saibam um pouco sobre pesquisa exploratória.

O Benchmarking é uma ferramenta de marketing que deve ser utilizada especialmente pela equipe de marketing da empresa, a qual tem o objetivo de elaborar um estudo detalhado sobre o desenvolvimento da empresa em todos os setores, avaliando os resultados positivos, negativos e as oportunidades aproveitadas ou perdidas. Somente a partir daí será possível projetar novas metas, desenvolver ideias inovadoras e elaborar planejamentos para aumentar a efetividade das ações de marketing.

2. Servqual

Teoricamente, o Servqual pode ser definido como uma escala que compreende inúmeros itens de alta confiabilidade, com a função de analisar as percepções e expectativas das pessoas que se encontram na fatia do público-alvo da empresa. Basicamente, esta ferramenta disponibiliza uma espécie de esqueleto de planejamento, que evidencia o que os clientes esperam da marca em todas as áreas.




Através da observação das ferramentas de marketing torna-se possível perceber que a grande maioria tem como objetivo formar o esqueleto e trazer maiores informações para o planejamento da campanha, basicamente essa é a finalidade das ferramentas de marketing.

Para usar essa ferramenta de marketing Servqual de forma adequada, a equipe de marketing deve aplicar uma pesquisa de mercado, questionando o índice de confiabilidade, tangibilidade, empatia, garantia e suscetibilidade que a marca tem. A pesquisa pode ser realizada através dos canais virtuais da empresa como, por exemplo, e-mail, redes sociais e sites, ou até mesmo diretamente nos pontos físicos da empresa.

3 – CRM (Customer Relationship Management)

O CRM (Customer Relationship Management) é uma das ferramentas de marketing mais complexas, pois envolve vários procedimentos e requer mais atenção da empresa.

Trata-se de uma integração de todas as atividades realizadas na empresa, bem como produção e distribuição, vendas e marketing. Os dados devem ser retirados de ambientes internos e posteriormente externos (público consumidor).

Sendo assim, os profissionais do marketing devem fazer um estudo dentro da própria empresa para analisar como está sendo feito a produção, distribuição, vendas e campanhas publicitárias. Feito isso, é necessário realizar uma nova pesquisa para questionar os consumidores sobre o seu nível de satisfação com a qualidade das mercadorias, vendas e atendimento da marca. Após este processo, chegou o momento de “cruzar” os dados e estabelecer um método integrado, em que todos os setores sejam otimizados, visando trazer praticidade e eficiência.

Para aplicar essa ferramenta de marketing, aconselha-se criar um planejamento estratégico em cima dela, para assim conseguir estabelecer objetivos e prazos razoáveis de conclusão de cada etapa da pesquisa.

4. FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças)

A FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças) é uma das ferramentas menos complexas de se aplicar e que mais traz resultados para o desenvolvimento interno e externo do negócio. Por isso, muita atenção e aplique-a o quanto antes!

O método tem como função permitir a compreensão a situação atual da marca no mercado e do próprio ramo de atuação, o que ajuda a consertar possíveis erros e aproveitar oportunidades que ainda não foram exploradas.

Portanto, a equipe de marketing tem a responsabilidade de identificar por meio de pesquisas quais são os pontos fortes e fracos da empresa, quem são as ameaças analisando produtos e empresas concorrentes, além de fazer um estudo sobre as oportunidades disponíveis no momento. Com estas informações, pode-se elaborar um planejamento completo para enfrentar a concorrência e ocupar os espaços que podem ser lucrativos no mercado.

Embora não seja exatamente um dos 4 pontos do FOFA, é importante frisar que o preço de venda influência no resultado da empresa, por isso, leve em consideração esse fator na pesquisa.

5. Segmentação de mercado é uma ferramenta de marketing

Há casos em que a empresa oferece produtos e serviços de forma genérica, ou seja, abrangendo todas as pessoas que pertencem ao seu público consumidor. Porém, elas esquecem que dentro desta própria “segmentação” pode haver clientes com necessidades ainda mais específicas, o que cria uma nova demanda e nicho, consequentemente, mais possibilidade de lucro. Ao deixar de perceber esta questão, a empresa deixa de inovar e pode perder estes consumidores. 

Para fazer a segmentação de mercado, a marca pode pesquisar quais são as necessidades do seu público, podendo analisar os dados obtidos na etapa da Servqual. Levando estas informações em consideração, pode-se ajustar os serviços, incluindo novas coisas que possam trazer benefícios para os clientes que não estavam totalmente satisfeitos. Também é possível lançar um novo produto, mais específico para as pessoas que pertencem a essa nova segmentação. 

Está com dificuldades em mensurar o seu público-alvo? Não tem problema, veja nosso texto sobre como mensurar o tamanho do mercado consumidor.

6 – Plano de marketing

Toda a empresa deve ter um plano de marketing que obrigatoriamente tem que estar registrado em um documento. O relatório deve ter de forma detalhada quais são as ações de marketing executadas na atualidade, os recursos empregados para que as campanhas sejam colocadas em prática, necessidades e metas da empresa, além das tendências do mercado.

O plano de marketing tem que ser utilizado para que a equipe tome decisões certeiras e se oriente adequadamente para desenvolver campanhas que atendam as necessidades da marca e as expectativas do público consumidor. O relatório também deve ser modificado de acordo com as mudanças que ocorrem no ramo de atuação da empresa, afinal, raramente as coisas são “estáticas”, atualizar-se é uma necessidade!

E você, pronto para trabalhar com as ferramentas de marketing?




FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here