Avaliação de Desempenho Individual: Saiba Mais!



Avaliação de Desempenho Individual: Saiba Mais!
Avaliação de desempenho individual

Conhecer os colaboradores e saber como estão se comportando dentro de uma empresa é fundamental para que as coisas funcionem bem. Por isso, veja como funciona a avaliação de desempenho individual!

Você trabalha com a gestão de colaboradores e sempre encontra dificuldades para avaliar o desempenho da sua equipe? Trabalhar com o material humano é naturalmente uma atividade complexa, visto que cada indivíduo possui as suas particularidades e de variadas formas isto acaba gerando impactos nas suas tarefas. A melhor forma de contornar este problema é fazendo uma avaliação de desempenho pessoal, a qual ajuda a colher resultados mais assertivos.




Cada vez mais, as empresas têm adotado o conceito de acompanhamento do desenvolvimento dos seus funcionários, deixando de lado aquela história de apenas contratar e pagar pela execução de um serviço. Atualmente, as corporações estão estabelecendo medidas mais humanas, visando valorizar os seus colaboradores, o que, consequentemente, resulta em benefícios em longo prazo.

Você perceberá que dentro da avaliação de desempenho, é importante compreender a forma de o indivíduo pensar. Por isso, inicie com uma avaliação psicológica de cada colaborador, com certeza irá ajudar bastante.

A avaliação de desempenho individual envolve várias questões, as quais analisam características profissionais e pessoais dos funcionários, buscando obter dados que podem ser utilizados em planejamentos posteriores.

Para você que é gestor, administrador ou profissional de Recursos Humanos, desenvolvemos esse texto com informações sobre o que é a avaliação de desempenho individual e como aplicá-la de modo correto.

O que é a avaliação de desempenho individual?

A avaliação de desempenho individual pode ser definida como uma ferramenta utilizada pelos profissionais que trabalham com gestão de pessoas, tendo como finalidade analisar o desenvolvimento de um colaborador, de forma isolada, dentro de um determinado período de tempo. Este procedimento é composto por três pontos cruciais, que são: identificação, diagnóstico e análise de comportamento do indivíduo.




Lembre-se sempre de conduzir o desempenho dos seus funcionários de forma que se adéque a missão, visão e valores da empresa, isso é realmente importante, ainda mais quando se trabalha com atividades que deixam a empresa muito exposta na mídia.

Uma empresa bem sucedida é aquela em que os seus funcionários sentem orgulho de fazer parte da sua trajetória, não é mesmo? A avaliação de desempenho individual serve justamente para reconhecer o trabalho de cada colaborador, ajudando-o a canalizar o seu talento ou corrigir aquilo que é preciso ser melhorado, o que traz crescimento profissional e pessoal.

Outro ponto interessante é que, caso a avaliação de desempenho individual seja baixa, você pode utilizar o coaching para melhorar o trabalho dos seus colaboradores, tanto individualmente quanto em equipe.

Qual é a importância da avaliação de desempenho individual para a empresa?

Imagine uma empresa em que as coisas são feitas sempre da mesma forma, sem organização ou correção de erros. Certamente, esta empresa estaria fadada ao fracasso, visto que tende a falhar em todos os setores.

A avaliação de desempenho individual é importantíssima, pois cumpre o papel de identificar o que está certo ou errado no comportamento dos colaboradores, tendo como objetivo fazer com que eles cresçam juntamente com a empresa.


Quando a equipe de gestores de pessoas promove uma avaliação de desempenho individual, ela automaticamente está demonstrando para os seus funcionários o quanto a empresa se preocupa com eles, o que gera uma relação de confiabilidade, permitindo que as duas partes tenham liberdade para falar e sugerir coisas que sejam boas para ambas.

Isso faz com que o indivíduo se sinta valorizado e estimulado a desenvolver as suas atividades, uma vez que ele é tratado como uma pedra que pode ser lapidada e não como uma peça que pode ser simplesmente substituída.

Como fazer a avaliação de desempenho individual

Como já foi mencionado anteriormente, a realização da avaliação de desempenho individual é uma tarefa complexa, visto que envolve o material humano e as suas particularidades. Porém, se você quer ser um bom gestor e desenvolver um trabalho proveitoso, a aplicação de algumas técnicas torna esta atividade mais fácil. Acompanhe:

1 – Apreciação diária do comportamento do funcionário

A avaliação de desenvolvimento individual não é algo que se descobre ou ‘faz’ de uma hora para a outra, ela requer tempo, devendo ter uma data de início e encerramento. Ao delimitar o período em que a avaliação irá acontecer, a equipe deve acompanhar diariamente o comportamento do colaborador que está sendo avaliado.

Fazer um planejamento de comunicação entre responsáveis pelo trabalho de avaliação de desempenho individual e os colaboradores também é importante, porque é bastante comum a dificuldade de repassar as informações obtidas para os funcionários, acabando por tornar o clima na empresa pesado e ruim.

Todos os dias, o gestor tem que analisar quais são os progressos, êxitos, limitações e insucessos que acontecem com o funcionário, estando atento as causas que levam a tais resultados, isto será fundamental na hora de montar o relatório final sobre o processo. Então, não se esqueça de anotar todos os pontos observados.

Você não gostaria de ter a sensação de que está sendo vigiado o tempo todo no seu trabalho, correto? Então acompanhe o colaborador de forma natural, evitando que ele perca a sua espontaneidade.




2 – Realize entrevistas formais periódicas

Os funcionários não costumam se importar em participar de entrevistas, porém, se você escolher apenas 1, com certeza irá fazer com que fique receoso, acreditando que algo COM ELE está errado, talvez até o deixará com medo de perder o emprego. Por isso, crie o hábito de fazer entrevistas com todos seus funcionários, por exemplo, 1 vez por semana chame para uma entrevista de 10 minutos um funcionário por vez.

Sugiro que para a área de entrevista você procure por uma assessoria de Recursos Humanos, é esta a área responsável por trabalhar esse aspecto.

Acompanhar de longe a desenvoltura do colaborador não é o suficiente para avaliar o seu desempenho, sendo necessário chamá-lo para entrevistas formais periódicas. Dessa maneira, o processo pode ser realizado de uma forma mais dinâmica, em que as duas partes tenham a oportunidade de questionar e opinar. É importante ressaltar que esta situação deve acontecer de forma agradável para o gestor e para o avaliado.

Durante a entrevista, pode-se questionar ao funcionário sobre a sua visão da empresa e das atividades que executa, o que lhe impede de render mais, o que ajudaria na sua produtividade, o seu relacionamento com os colegas de trabalho, o seu nível de satisfação com o que a instituição lhe oferece. O gestor também pode aproveitar para expor os pontos que avaliou na etapa anterior.

3 – Avaliação de desempenho da capacidade profissional do colaborador

A análise da capacidade profissional do colaborador é uma das etapas em que o gestor se desprende um pouco das questões pessoais, focando mais nos resultados que estão em evidência. É necessário avaliar qual é a capacidade que o funcionário tem de aplicar técnicas teóricas e práticas nas atividades que desenvolve.

Dentro deste quesito, recomenda-se analisar se as técnicas teóricas e práticas estão sendo aplicadas da maneira correta, eventuais dificuldades para que elas sejam colocadas em prática e qual é o resultado que elas apresentam na finalização de cada tarefa. Isto serve para verificar se o papel que o funcionário está desempenhando na empresa condiz com o seu conhecimento profissional.

Para facilitar o seu trabalho nessa questão, pode-se pedir informações para o responsável pelos processos de produção.

4 – Avalie a criatividade individual do colaborado

Para que uma empresa não fique emperrada no mesmo lugar, ela depende da criatividade e inovação dos seus funcionários. Portanto, a avaliação de desempenho individual também deve levar em conta a criatividade do colaborador, avaliando a sua capacidade de trazer ideias para o ambiente de trabalho, além de otimizar métodos e técnicas que já foram estabelecidas.

Durante esta etapa, é preciso verificar se o colaborador apresenta alternativas ao seu grupo de trabalho e com qual frequência o faz, se evidencia dificuldade em sugerir coisas novas ou possui facilidade em agregar novos recursos às técnicas utilizadas no ambiente corporativo.

Esse ponto é importante para analisar se o funcionário é criativo ou não, bem como se sabe trabalhar e se impor dentro do grupo, e, ainda se a empresa dá espaço para que as ideias sejam apresentadas.

Essas questões de avaliação de desempenho individual também podem ser observadas no momento da própria seleção interna do quadro de funcionários. Veja a importância do recrutamento e seleção interna aqui.

5 – Analise o nível de iniciativa do funcionário

Obviamente que nem todos os funcionários possuem a capacidade de liderança, mas a avaliação de desempenho individual deve estudar se o colaborador possui iniciativa, se está sempre de prontidão para resolver os problemas que aparecem, ajuda os seus colegas, toma a frente de situações mesmo colocando-se em risco.

Características como essas costumam ser de liderança e trazem uma confiabilidade na equipe, fazendo com que trabalhem de forma mais tranquila e harmônica.

A partir desta análise, o gestor terá informações que podem ajudar em uma promoção no futuro ou até mesmo fazer com que o funcionário tenha maior pré-disposição, sendo mais participativo, aprendendo a liderar ou auxiliar o líder do seu setor de atuação.

6 – Avaliação de desempenho de capacidade de relacionamento interpessoal

Uma empresa em que os funcionários não se entendem entre si, o seu desempenho será afetado, acarretando prejuízos. Sendo assim, a avaliação de desempenho individual também precisa analisar qual é a capacidade de relacionamento interpessoal que o colaborador tem.

Neste ponto, a avaliação consiste em constatar se o indivíduo possui dificuldade para se relacionar com os seus colegas de trabalho, se carece de orientação para melhorar o seu relacionamento com os demais funcionários ou se apresenta facilidade para interagir no seu ambiente.

Caso você deseje mais informação sobre o tema e esteja com dificuldade para encontrar, busque por teste de avaliação de desempenho, quem sabe, logo logo, faremos um texto sobre o tema, aguarde!

Que tal fazer a avaliação de desempenho individual na sua empresa e nos contar os resultados?




FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here