Quanto vale minha empresa?



Quanto vale minha empresa?Todo empresário tem em mente um valor médio que acha que “quanto vale minha empresa”. Porém, alguns métodos mais precisos que a própria intuição pode revelar certo engano, na maioria dos casos.

O caminho não é a frustração e a conformidade com os padrões que os modelos financeiros indiquem, mas tentar conciliar a percepção delicada de cada empresário com a realidade. As próprias convicções e o andamento do mercado podem interferir muito no real valor de venda da empresa. Mas, afinal de contas, quanto vale a minha empresa?




Os métodos financeiros foram criados para responder tal pergunta, com uma série de ideias de especialistas, publicados em livros e repassados nas universidades. No entanto, há tantas variações para saber o real valor de uma empresa que analistas renomados podem chegar a valores bem distintos.

Os métodos mais comuns para saber “quanto vale a minha empresa” são: múltiplo de vendas, múltiplo de lucros e fluxo de caixa descontado. Veja um pouco mais sobre as particularidades de cada um para tentar chegar a valores mais próximos da realidade.

Múltiplo de vendas

Levando em consideração a praticidade, o método múltiplo de vendas é muito utilizado para saber o valor de uma empresa. Um ponto negativo deste método, é que se assume que os custos das empresas de certo segmento estejam em comparação, chegando a lucratividades também comparáveis. Sabe-se que não é desta forma que um negócio se enquadra no mercado, já que diversos fatores, como a concorrência, podem afetar o equilíbrio destas empresas e as mesmas adquirirem lucros bem diferentes no final de um período.

A favor do múltiplo de vendas (ou receitas, faturamento) está justamente a simplicidade na estimativa de “quanto vale minha empresa”.

Múltiplo de lucros

Várias definições podem determinar o lucro, sendo a LAJIDA uma medida muito útil para estimar quanto vale uma empresa.




LAJIDA significa Lucro Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização. Neste processo, hipóteses são geradas na tentativa de prever o quanto a empresa irá ganhar no futuro. Sendo assim, quanto maior o múltiplo, a empresa tende a ser mais capaz de gerar lucros que aumentam em decorrer do tempo.

Um exemplo é que a estimativa de 5 vezes LAJIDA indica que em 5 anos o investimento estará de volta as mãos do comprador da empresa, se a organização continuar se comportando da mesma forma. Um ponto negativo, neste caso, é o valor do dinheiro no tempo, que não é considerado.

Fluxo de caixa descontado

Este modelo leva em consideração o fluxo de caixa livre futuro, que é trazido a valores atuais com descontos adequados ao contexto da situação. É um modelo de saber “quanto vale minha empresa” mais sofisticado e muito utilizado.

Funcionalidade no momento de descobrir quanto vale minha empresa

É importante saber, em média, quanto vale a própria empresa para saber o território em que se está pisando. Nem sempre as expectativas do empresário estão condizentes com os cálculos dos analistas e, muito menos, com a situação em que o mercado se encontra. Diversas variáveis podem fazer a estimativa do valor da empresa diminuir assustadoramente e estes critérios devem ser analisados minuciosamente.

As propostas dos compradores nem sempre condizem com o esperado e, às vezes, nem compradores se candidatam a fazer negócios. O contexto da economia, a competitividade e as outras empresas podem alterar os planos de qualquer empresário que pretende vender sua empresa, além de outros fatores.


Variantes no valor

Podemos levar em consideração alguns fatores como a estimativa dos donos da empresa, como foi falado anteriormente, além do valor calculado pelos inúmeros métodos de quantificar o valor da empresa e também as propostas do mercado.

Mas, por que então saber “quanto vale minha empresa” se o valor de venda possui tantas variações? Este valor vai servir justamente como uma base teórica para o entendimento do valor, auxiliando em parte na negociação.

Erros de análise ao calcular quanto vale minha empresa

Embora já tenhamos citado a importância do empresário em dar o seu palpite no valor de sua empresa, é muito comum que haja uma supervalorização que acaba repudiando possíveis compradores. Este é um erro muito clássico e que pode trazer consequências muito ruins, como o desinteresse do mercado em adquirir uma empresa que “não vale o valor proposto”.

É sempre aconselhável que profissionais experientes cheguem a um consenso na hora de oferecer aos interessados a proposta de adquirir a empresa. Da mesma forma que os valores altíssimos possam desestimular compradores, muitos empresários chegam a vender suas empresas por um preço muito menor do que o indicado.

E aí chegamos a dois conceitos que são absolutamente parecidos, mas que têm significados diferentes: preço e valor.

Preço e Valor

Em geral, preço e valor estão na cabeça do consumidor. O que se paga pelo produto é chamado preço e valor é o que o comprador adquiriu para seu sucesso. Ou seja, o valor da empresa a ser vendida é muito maior para o empresário do que para o comprador e estamos falando de um mesmo bem.

O empresário acrescenta sentimentos, autoestima e uma série de outros gastos que teve na formação e manutenção do empreendimento. Caso não tenha propostas de interessados, aí sim terá que se estabelecer um preço, que é o possível que o outro gaste para que haja a venda e você consiga definir “quanto vale minha empresa”.







FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

3 COMENTÁRIOS

  1. ola, queria uma avaliação se possivel com exemplo que vou passar .hoje minha empresa esta em com faturamento baixo mas o nome e a possibilidade de crescimento e grande tratasse de uma transportadora que atua na terceirização de transporte , temos 2 caminhões com financiamento ativo o pequeno acabo de pagar em abril de 2014 o grande em 2016 valores juntos de 180000,00hoje pago aluguel do galpão e tenho 6 funcionarios com carteira assinada no cnpj temos 13 anos no cpf tenho restrições bancarias quanto vc acha que valeria minha empresa .por favor me ajude pois a firma e familiar e naõ temos como alavancar seu crescimento .preciso de uma luz para sair em condições de tentar outro ramo. no aguardo de sua resposta .atualmente a receita esta menor que a despesa.

    :
  2. Olá, existe alguma fórmula para aplicar? Gostaria de calcular o valor da minha empresa, não precisa ser exato, mas quero ter uma estimativa. Tenho vários dados: faturamento mensal, lucro bruto, lucro líquido, taxa de crescimento, estoque e também valor do mobilizado. Entretanto, os textos que encontro na internet não ensinam a fazer o cálculo ou são muito complexos. Aguardo. Obrigada.

    :

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here