Como Construir a Identidade da Empresa



Como Construir a Identidade da Empresa
Identidade da Empresa

Para se tornar uma empresa sólida um passado sólido deve ser construído. Mas, o que vem a ser Identidade Empresarial?

A identidade empresarial possui os pilares: missão, visão e objetivos. A Identidade empresarial é importante, pois é necessário que a empresa defina a forma como vai trabalhar e como irá atingir seus objetivos. A empresa pode afixar na parede sua missão, visão e objetivos para quem quer visualizar o quadro e conhecer mais sobre empresa.




Mas, a identidade da empresa não deve estar somente em um quadro deve ser uma realidade para todos os colaboradores e todos que entram em contato com a empresa. A Identidade da empresa deve funcionar como um retrato para o mercado é por meio da identidade que a empresa constrói a sua forma de realizar negócios, de operar, de lidar com o público, de alocar recursos ou estabelecer estratégias.

A identidade empresarial deve incentivar a constante reflexão, pois a identidade existe para que a empresa nunca perca o rumo e continue caminhando com os mesmos objetivos que a originou. Claro que os objetivos poderão ampliar-se, porém, é necessário sempre olhar para o passado e visualizar os sonhos e planos que moverão a empresa para o que conseguiu concretizar.

Como construir a missão, a visão e os objetivos

No início das atividades os empreendedores ainda não têm uma visão clara sobre a missão, a visão e os objetivos. Vamos detalhar como construir cada elemento da identidade empresarial:

Missão – a missão se constrói assim que a empresa entende o que pode ser considerado propostas de valor e qualidade em seus produtos ou serviços. Na missão não pode existir suposições, pois o que a empresa propõe é o que realmente deverá oferecer. A Missão deve retratar a razão de a empresa existir, considerando o contexto da empresa. A missão não é imutável, pois ele muda de acordo com o contexto como dissemos acima.

A Construção da Missão deve sintetizar vários elementos relacionados á propostas de valor a serem oferecidas ao público:




Ofertas entregues com rentabilidade e eficácia – uma oferta que possui alto poder de competitividade representa bem a missão da empresa, um exemplo são os primeiros pen drive com mais de 4 Giga de memória.

Entregas que sejam atreladas a competências críticas e essenciais da organização – uma missão para as empresas é poder oferecer o que as organizações têm de melhor. Ou seja, ofertas que estão dentro do contexto das empresas.

A empresa deve alinhar suas competências ao que oferece para o mercado e criar a sua imagem no mercado a partir disso. O ideal é que as empresas criassem sua missão em torno de suas competências, que são competências únicas e que fazem com que a empresa entregue um produto ou serviço também únicos. Competências que fazem com que as empresas alcancem excelência no que faz e que não podem ser terceirizadas.

Que possua valor para os clientes – a missão deve considerar que se a empresa desenvolve uma maneira perfeita de ofertar seus produtos ou serviços deverá também possuir um mercado. Construir valor é desenvolver mercado, por isso, é necessário que os empreendedores testem seu poder de mercado com ofertas que satisfaçam e tragam valor para os consumidores. Exemplos de missão:

Missão do Extra: Garantir uma melhor experiência de compra para os clientes, de forma que eles fiquem satisfeitos com o preço e a qualidade dos produtos que estarão adquirindo.


Missão da COPASA: Promover e desenvolver os serviços de abastecimento de água, esgotamento sanitário e industrial nas comunidades do Estado de Minas Gerais, sob as formas de atuação que permitam compatibilizar suas finalidades sociais e empresariais, visando proporcionar melhores condições de vida à população e infraestrutura para o desenvolvimento econômico e social.

Missão Nestlé: É oferecer ao consumidor brasileiro produtos reconhecidamente líderes em qualidade e valor nutricional, que contribuam para uma alimentação equilibrada, gerando oportunidades de negócios para a empresa e valor compartilhado com a sociedade brasileira.

Valores da Organização

Empreendedores que consideram que as empresas só devem trabalhar com que for útil deverá considerar o elemento valores. Pois, são os valores que formam uma base sólida para que as empresas tenham uma imagem no mercado, estabeleça politicas e limites e consiga trabalhar de forma coesa.

Notamos que ações não condizentes com a ética, traz mais prejuízos para as empresas do que qualquer outra ação. Os valores estão inseridos na cultura organizacional, lembrando que cultura organizacional é composta de valores, crenças, artefatos e princípios.

Como não existe empresa em uma cultura própria também não existem empresas sem valores. Os valores funcionam como um retrato da empresa por meio de ações. Isso, porque os valores devem nortear as atitudes de todos e os valores devem ser compartilhados e também cultivados.

Os valores são uma expressão da cultura predominante na organização, pois cada indivíduo tem uma percepção diferente do que seja um Valor. Para uns valor significa mérito, para outros liberdade e assim por diante. Quando a empresa encontra parcerias que compartilhem dos mesmos valores, ela encontra comprometimento e sucesso nas suas ações. Com isso, pode-se afirmar que compartilhar valores gera produtividade, gerando assim lucratividade.

A Visão

Conceituar Visão organizacional não é tão simples, não pode ser considerada missão, pois a missão é o que a empresa já entrega ao mercado, nem com objetivos, pois os objetivos dependem da Visão.




A visão representa o que a empresa pretende se tornar. A visão deve impulsionar a empresa, devem nascer da vontade, coragem e ousadia. Ou seja, a empresa deve ousar ter uma visão, seguir em frente e alcançar seus objetivos.

Uma das características principais da visão é o foco que deve existir. A visão da empresa deve mudar, isso porque assim que a empresa alcança objetivos devem ser formulados novos objetivos é como uma escada. Uma visão deve ser instigadora e provocadora, deve levar a empresa a buscar e trilhar sempre mais.

A visão varia de setor para setor, isso porque existem empresas que estão mais suscetíveis ao ritmo acelerado de competitividade. Empresas de tecnologia possuem uma visão com data de validade mais breve do que empresas de petróleo.

Objetivos

Os objetivos é um dos elementos mais importantes na construção da identidade empresarial. Os objetivos organizacionais podem ser definidos como o fim que as organizações pretendem atingir, são os objetivos que orientam as ações das empresas.

Outra característica dos objetivos é que eles determinam o comportamento empresarial. Faz parte de a natureza humana trabalhar por um objetivo, por isso, organizações que possuem objetivos claros e transmitidos a todos colaboradores são organizações que contam com colaboradores motivados e comprometidos com a organização.

É como dar um sentido ao trabalho do colaborador, o próximo passo depois de compartilhar objetivos é fazer com que os colaboradores se sintam responsáveis diretos pelos objetivos a serem alcançados. E por fim, compartilhar os resultados alcançados.

Igualmente, as organizações devem compreender os objetivos individuais e fazer com que objetivos individuais estejam alinhados aos objetivos organizacionais. O que despertará um clima organizacional propício ao atingimento de objetivos.

Como transformar a Visão, a Missão E Valores em Estratégia.

A visão, a missão, valores e objetivos não devem estar presentes somente no papel, devem fazer parte da estratégia organizacional. Para a Identidade empresarial se tornar realidade no mercado deverá se tornar prática e partir para a fase de execução. Executar é uma ação que sugere como fazer, como conceber.

O importante é como se faz as coisas e não simplesmente realizar sem um nível de maturidade adequada. Principalmente no atual contexto empresarial em que os riscos são crescentes. Para colocar a Identidade em prática, vejamos alguns passos:

Visão sistêmica – visão sistêmica é essencial, pois as empresas devem ser considerar os vários processos organizacionais. Existem empresas que são boas em gerir recursos, processos de gestão de pessoas, negociações. O desafio é a integração, ou seja, ser boa na maioria dos processos que formam a empresa.

Gerir equipes – empresas que conseguem gerir equipes, estabelecendo papéis e funções claras e definidas já deu seu primeiro passo em busca da concretização de objetivos.

Trabalhar com objetivos SMART – quando se trata de objetivos é necessário aptidão para trabalhar com objetivos SMART tão presentes nos planos de negócios.

Vamos á sigla:

S de Especifico – um objetivo deve ser detalhado de forma a não deixar dúvidas. Significa ir direto ao ponto, sem brechas para  interpretações. Outras denominações da sigla SMART se torna possível, pois o M é de mensurável.

Exemplificando fica assim: Aumento da carteira de clientes em pelo menos 20% para a divisão oeste. Por fim, o objetivo deve ser atingível e realista, ou seja, de acordo com a identidade da organização.

Exemplificando, as empresas que possuem objetivos atingíveis e realistas ponderam: Será que os objetivos estão alinhados á missão e visão e ainda valores. Será que a equipe foi preparada para trabalhar em prol desse objetivo.

O importante é que as empresas construam sua identidade consciente de sua realidade e integrando gestão de pessoas, operações e de processos. Claro que para isso é necessário dedicação e trabalho árduo, mas os resultados são compensadores.

 

Pronto Para Construir a Identidade da Empresa? Deixe seu comentário.




FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here