O que é pesquisa qualitativa



O que é pesquisa qualitativaOs mecanismos utilizados para a realização da pesquisa qualitativa são os mesmos que para a pesquisa quantitativa, o que muda são as questões e a forma de análise.

As pesquisas qualitativas buscam informações que estão mais intrínsecas e que estão ligados ao julgamento mais subjetivo dos consumidores, e por isso, os mecanismos de pesquisa costumam ter outras abordagens como entrevistas que são mais longas e outras técnicas.




Pesquisa qualitativa, de forma geral é associada aos métodos de exploração, como pesquisas de campo, entrevistas, observação e outros métodos.

Fatores importantes na pesquisa qualitativas

Dentre os fatores importantes em uma pesquisa qualitativa, estão:

  • A população – o grupo social de entrevistados é de grande valor para a pesquisa qualitativa, por isso a população deve ser delimitada e descrita. Deve-se levar em consideração a idade, o nível de escolaridade, a região e outros fatores.
  • Direcionamento – a pesquisa qualitativa costuma ser direcionada, por isso não busca enumerar ou medir, mas descobrir opiniões, fenômenos, comportamentos e outras informações mais subjetivas e que buscam maior profundidade e estudo.
  • Dados descritivos – os dados descritivos devem orientar as pesquisas qualitativas, dessa forma, as pesquisas qualitativas exigem um contato mais direto com a população a ser pesquisada.

Características da pesquisa qualitativa

As pesquisas qualitativas se diferem das quantitativas de acordo com o método e forma, mas os objetivos da pesquisa também são diferentes.

As características da pesquisa qualitativa são:

  • A pesquisa qualitativa considera o ambiente local como fonte de dados, sendo que a figura do pesquisador é de fundamental importância na pesquisa;
  • A pesquisa qualitativa tem caráter descritivo;
  • O valor e significado das pessoas, como também o comportamento dos consumidores, é uma preocupação constante dos investigadores;
  • Os estudos que envolvem pesquisas qualitativas são realizados de forma geral, no local de origem em que serão extraídos os dados.

As informações e dados das pesquisas qualitativas devem considerar também a singularidade e ambiguidade dos dados.




No entanto, as pesquisas qualitativas podem ser realizadas sem o uso de indicadores precisos que para a pesquisa qualitativa não fazem diferença, sendo apenas detalhes, como: tempo, lugar, causas e outros.

Outra característica da pesquisa é a indução, para isso o pesquisador deve desenvolver conceitos, ideias e entendimentos das informações encontradas nos dados e não somente em padrões ou hipóteses pré-formuladas.

Os métodos qualitativos não possuem estrutura formal, e por isso, a interação para aquisição de dados, costuma fazer parte de um período mais longo.

Além disso, nas pesquisas qualitativas os entrevistadores lidam com informações subjetivas, complexas e mais detalhadas, o que impede a estruturação.

Por fim, tem-se que a pesquisa qualitativa usa o padrão interpretativo e indutivo, os dados possuem maior detalhamento e são representados de forma verbal.


O papel do pesquisador é de interpretar o que se observou em pesquisas de campo. Dessa forma, a abordagem é interpretativa, não experimental e com estudos exploratórios.

A análise dos dados necessita de conteúdo, e metodologia hermenêutica e fenomenologia.

Formas de pesquisas qualitativas

A pesquisa qualitativa admite três formas como: pesquisa documental, etnografia e estudo de caso.

Pesquisa documental pode ser obtida pelo estudo de documentos com o devido tratamento dos dados e informações e também análise.

Na pesquisa documental, é possível que o pesquisador, pesquise o mesmo documento com diferentes enfoques, utilizando o material para diversos tipos de pesquisas, variando apenas o assunto. Outra vantagem da pesquisa documental é que essa pesquisa é não reativa e por isso, o estudo pode ser obtido por um longo período de tempo.

O estudo de caso é outra forma de pesquisa qualitativa em que o objeto de estudo é a avaliação analítica de um ambiente, de pessoas ou situações próprias. Os estudos de caso são normalmente mais aplicados em administração, isso porque pelos estudos de caso é possível visualizar diversas situações, problemas, eventos e características.

Já a forma etnográfica de pesquisa qualitativa é um método mais aplicado nas pesquisas qualitativas e é utilizada para estudos sociais e antropológicos. A pesquisa etnográfica é uma das mais completas e complexas, pois exige que o investigador fixe residência e estude os objetos de estudos de perto e com observação.




O método interpretativo utiliza a hermenêutica e a fenomenologia. Utiliza a realidade como algo subjetivo e construído socialmente, tem-se nos próprios dados a problemática para solução. Busca a compreensão de fenômenos com uso de próprios dados e referencias que são fornecidas pela população estudada.

Desafios das pesquisas qualitativas

Um dos maiores desafios das pesquisas qualitativas é o trabalho árduo. O trabalho é realizado de forma individual na maioria das vezes e necessita de dedicação e tempo para que haja organização e decodificação dos dados.

Outro desafio é a decodificação de argumentos e ideias, que podem trazer dificuldades de interpretação do leitor.

Análise de dados qualitativos

Para analisar é necessário que se ordene os dados, separando-os por padrões, categorias e descrições. A análise deve prover uma interpretação confiável, que explique padrões e dimensões das relações descritas.

A análise de dados, portanto necessita de três etapas lógicas:

  • Redução dos dados – a redução de dados é necessária para que a pesquisa encontre delimitação e sentido de acordo com o objetivo anterior da pesquisa.

A redução precisa de trabalho de separação, simplificação e abstração.

  • Organização dos dados – os dados para serem melhores analisados e compreendidos, podem ser separados e arranjados em gráficos, tabelas, esquemas e textos.
  • Delineamento dos dados – para delimitar os dados, é necessário identificar padrões, explicar, configurando consequências, causas e efeitos.

Para análise dos dados qualitativos em uma pesquisa qualitativa, o trabalho dos investigadores é árduo, com verificação constante de anotações de dados e informações.




FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here