Plano de negócios SEBRAE



Plano de negócios SEBRAEO que é um plano de negócios SEBRAE? Toda ideia necessita de planejamento para ser executada. Mesmo que haja o entusiasmo e a vontade dos planos seguirem o roteiro proposto, muitas vezes a simples desorganização pode levar o planejado para um caminho oposto. Dentro do empreendedorismo, houve a necessidade de pôr as ideias no papel e fazer um planejamento de negócios para que seja seguido à risca na estruturação e desenvolvimento do projeto. A solução foi o plano de negócios SEBRAE, que é muito funcional e permite mapear todo o percurso de onde se quer chegar.

O plano de negócios SEBRAE deve haver muitas informações detalhando o ramo em geral, características de produtos ou serviços, a relação com a concorrência, os fornecedores, contatos, clientes e uma síntese de aspectos positivos e negativos que influenciam no sucesso da empresa. Naturalmente, o plano de negócios é um documento, em que por escrito estão todas as informações ditas anteriormente, permitindo que haja modificações na identificação de erros, que seriam cometidos no mercado caso as ideias não fossem passadas a limpo.




Plano de negócios

O objetivo principal do plano de negócios é ajudar o empreendedor, a saber, se realmente vale a pena colocar as ideias em prática, ou seja, se é rentável abrir o negócio, mantê-lo e ter expectativas em sua ampliação.

Pode ser que aparentemente o plano de negócios seja encarado como um trabalho simples, mas exige uma grande pesquisa, tempo, trabalho, comprometimento de muitas pessoas e perseverança.

Este plano de negócios SEBRAE poderá ser entregue aos investidores como uma forma a explicar detalhadamente tudo o que envolve o negócio, e para que o documento esteja bem feito e sem falhas. Cabe ao próprio empreendedor colocar as mãos na massa e encarar algumas horas de muito trabalho.

Benefícios do empreendedor engajado no plano de negócios SEBRAE

O empreendedor que elabora seu próprio plano de negócios tem a capacidade de realizar um trabalho sob medida, levando em conta a confiança no trabalho de busca de informações feita exatamente por ele. A confiança e a capacidade de estar por dentro do ramo em que se pretende atuar é o principal benefício que o empreendedor pode ter em ele mesmo fazer o seu próprio plano de negócios SEBRAE.

Elaboração do plano de negócios SEBRAE

Cada empresa terá um tamanho diferente e será preciso alguns ajustes nos modelos de planos de negócios SEBRAE existentes. Sendo assim, aqui daremos dicas que podem ser modificadas sem problemas, e o empreendedor deve adaptá-lo a partir da necessidade de sua empresa.




Para começar a trabalhar no plano de negócios SEBRAE, é necessária uma vasta pesquisa para conhecimento do setor em que se quer dominar. Informações são as principais armas para o empreendedor encher o seu plano de negócios de ideias viáveis e com isso conseguir o seu lugar no mercado. E para isso a internet pode ser utilizada assim como jornais, revistas, cursos e conversas com outros empresários do ramo. Fornecedores e clientes também podem ajudar a encarar o negócio sob uma forma diferente.

É importante ressaltar que o plano de negócios SEBRAE é um documento mutável. As informações ali contidas poderão sofrer correções ao longo do caminho. O documento deverá ser bem organizado e bem feito, com a aparência impecável mostrando as ideias claramente, na esperança de bons resultados.

Sumário executivo

A parte mais importante do negócio é o sumário executivo. O primeiro item a ser lido pelos potenciais investidores pode revelar-se uma arma poderosíssima no convencimento dos mesmos. Porém, se mal adaptada ou com informações não claras, pode haver o desencorajamento dos analistas a tomar ciência do resto do plano. Com no máximo 500 palavras (mais ou menos 1 a 2 páginas), representa uma radiografia da empresa.

Apresentação

Na apresentação, estão contidos itens como identificação da empresa, nome social, logotipo, direção da empresa, contatos, CAE, forma jurídica, participações sociais, identificação dos promotores, dados pessoais, formação complementar, atividade profissional atual, experiência profissional e outros.

Análise de Mercado

Em análise de mercado, devem-se caracterizar os concorrentes que estão na disputa por espaço e os que provavelmente poderão estar competindo com a empresa num futuro próximo. A análise da indústria em geral também deve constar nesta parte, assim como a análise de procura e oferta. Tudo o que for relativo à diferenciação de produto ou serviço tem que estar documentado nesta parte do plano de negócios SEBRAE, como a qualidade dos produtos, os preços e as demais variáveis.


Plano de marketing

O plano de marketing discute de que forma a empresa vende o produto ou serviço e a comercializa. Estratégias de marketing globais detalhadas são os principais itens deste tópico, que deve receber subitens como produto, preço, comunicação e distribuição. Geralmente, esta parte do plano de negócios SEBRAE é bastante modificada ao longo do tempo, em decorrência da tecnologia e as novas formas de conquistar o público que estão sempre em crescente expansão.

Plano econômico

No plano econômico-financeiro, as chances de o negócio decolar deverão estar explicitadas. Desta forma, os dados incluídos são o balanço, origem de fundos, mapas de aplicações e a demonstração de resultados. Pesquisas serão feitas a partir destes dados, de três a cinco anos em média. O sentido é analisar a evolução da empresa, estimar o seu comportamento no mercado e responder ao empreendedor e seus investidores sobre o comportamento do negócio. Ainda temos que incluir o orçamento de tesouraria, para calcular o que seria esperado para pagamentos e recebimentos num período de tempo. A empresa deverá estar a par também da quantidade de vendas que dará a empresa um “lucro zero”. Basicamente, o plano econômico-financeiro do plano de negócios SEBRAE está acerca de planos de investimentos e financiamento.

Acompanhamento do plano de negócios SEBRAE

Ao finalizar o plano de negócios, o empreendedor deve usá-lo no gerenciamento da empresa. Os colaboradores deverão conhecer de uma forma eficaz as informações contidas nas páginas, pois as grandes ideias mantidas em segredo muitas vezes podem cair no esquecimento e nem chegam a se concretizarem.

Podem ser feitos painéis de metas para toda a empresa ficar por dentro de seus planejamentos, de forma ao entendimento simples pelos colaboradores. Periodicamente, deve-se monitorar a situação e o plano de negócios SEBRAE deverá adequar-se no decorrer do desenvolvimento da empresa e como já foi mencionado, de acordo com a situação pode haver modificações que acompanhem as melhorias na empresa.




FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

2 COMENTÁRIOS

  1. Olá, Muito bom o seu trabalho gostaria de saber como q faço para adequerir o plano de negocio do sebrai, estou com uma ideia e gostaria de colocar ela em pratica.
    A Ideia é seguimte é um centro de estética automotiva a vapor e um serviço de lavagem de carro DETAIL CAR Visando os minimos detalhes na limpeza de automoveis, esse tipo de trabalho é muito utilizado na europa e ja esta chegando aqui no Brasil.

    :
  2. Olá. Sou uma investidora pessoa física e busco empresas validadas pelo SEBRAE para investir. Haverá verificação da saúde financeira da empresa por advogado especializado, através da contabilidade da mesma. Gostaria de investir valores considerados como pequenos/médios, para micro e pequenas empresas. Somente invisto em empresas que já atuem no mercado há mais de 2 anos e em Porto Alegre RS.
    Em contra partida eu teria participação nos lucros proporcionais ao capital investido. Não quero participar da administração do negócio, funcionaria como um tipo de acionista com retirada mensal sobre o lucro.
    Aguardo propostas através de e mail.

    :

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here