O que é marketing de guerrilha



O que é marketing de guerrilhaO marketing de guerrilha surgiu em época propícia quando a propaganda tradicional já não surtia efeitos e assim as técnicas antigas de marketing já não eram mais eficazes.

Conceituar o marketing de guerrilha não é tão simples assim, pois como o termo é novo, alguns conceitos equivocados podem estar errados, por isso é bom contar com referências de bons escritores da área de administração.




De acordo com o escritor Jay C. Levinson, o marketing de guerrilha é aquele que utiliza maneiras e recursos não convencionais para executar as ações de marketing.

Surgimento e atualidade do marketing de guerrilha

O marketing de guerrilha surgiu nos anos 80, em uma época de grandes gastos com propaganda realizada por grandes artistas e produção caríssimas, mas que não estavam obtendo resultados satisfatórios. Foi necessário refletir sobre o fato de que mais importante do que gastos é uma divulgação criativa e democrática, ou seja, que pode ser realizada até por pequenos empresários.

Assim, o marketing de guerrilha começou a ser utilizado pelos pequenos empresários. O pequeno empresário despertou para o fato de que não adianta vender bons produtos ou preços, é necessário que o cliente veja como os produtos ou serviços trazem benefícios e vantagens.

O pequeno empresário tem a tendência errônea de acreditar que divulgação significa grandes gastos, com grandes produções em outdoor, na TV, no rádio e não é bem assim, muitas vezes um comercial mais simples traz os mesmos resultados.

As ações do marketing de guerrilha são eficazes para vencer a concorrência de forma definitiva, promover posicionamento e comunicar os conceitos de forma mais viável e interativa aos consumidores, com ações mercadológicas de baixo custo.




O marketing de guerrilha pode ser acionado com ações simples e tem obtido bons resultados para os pequenos empresários.

Para implantar o marketing de guerrilha é necessária uma filosofia voltada para a luta direta e atitudes para que a empresa saia do anonimato e da zona de conforto, e invista em uma ideia criativa, simples e envolvente.

Princípios do marketing de guerrilha

O marketing de guerrilha não faz uso de grandes recursos financeiros e não necessariamente envolve um grande número de pessoas, o importante é que exista uma ação criativa obtida a partir do planejamento anterior que decidirá qual a melhor opção para uma ação de marketing que tenha como resultados fazer com que o público conheça os produtos ou serviços oferecidos pela empresa, sem que seja necessário um alto dispêndio de custos.

Outra característica do marketing de guerrilha é que são ações simples e dinâmicas, podendo ser implantadas de forma acessível e com melhor resposta do público. Outro princípio do marketing de guerrilha é garantir que os custos sejam sempre mais baixos do que os benefícios.

As ferramentas utilizadas para o marketing de guerrilha dependerão do tipo de produto ou serviço que se pretende divulgar, como também para o público-alvo a ser alcançado.


Ferramentas do marketing de guerrilha

As ferramentas utilizadas para a realização do marketing de guerrilha consistem em estratégias para a realização do marketing na rua, com o objetivo principal de fazer com que a marca seja conhecida através de eventos, que chame atenção da mídia, da população em geral e ainda ganha espaço nos noticiários e revistas especializadas, ou seja, dar a empresa uma enorme projeção, e que tem como objetivo a principal função do marketing, que é estar na mente dos consumidores.

O que impressiona no marketing de guerrilha é a capacidade da empresa em explorar novas técnicas criando algo novo e objetivo, e que tenha a capacidade de alcançar um grande número de pessoas através da divulgação posterior da ação.

Marketing de guerrilha tem como parceria o jornalismo que divulga as ações de marketing como originais e criativas, enquanto a empresa se beneficia por divulgar o seu produto para vários nichos de mercado, aumentando a possibilidade de realizar novos negócios.

Outra observação importante é que o marketing de guerrilha não deve se parecer uma propaganda convencional e deve ter a função de intrigar e fazer com que todos sejam público e reflitam alguns minutos sobre o que estão vendo, dessa forma, o marketing de guerrilha tem o compromisso de ser atual, inteligente, criativo e estar aberto a todo o público.

A função então do marketing de guerrilha é gerar comentário, elogios e surpresa.

Um aliado para o marketing de guerrilha é a internet, pois o marketing de guerrilha é largamente divulgado nas redes sociais e ainda com a possibilidade de campanhas realizadas pelo Youtube e outros.

Características do marketing de guerrilha

Métodos não convencionais, o que significa a desobediência de normas tradicionais de divulgação. Intensa mobilidade, ou seja, mesmo sem grandes produções o marketing de guerrilha é capaz de ser comunidade em poucos minutos.




Mas para obter essas vantagens é necessário que as ações do marketing de guerrilha sejam definitivas e distribuídas de forma dinâmica e precisa.

E apesar do marketing de guerrilha não exigir altos investimentos é necessário que a empresa promova uma divulgação com grande alocação de ferramentas, pois uma das características principais do marketing é a surpresa, para que haja burburinho, comentário, com que se chama de comunicação horizontal, por ser mais abrangente e não discriminar públicos.

Vantagens do marketing de guerrilha

As principais vantagens em utilizar os métodos do marketing de guerrilha é que este tipo de marketing tem um grande alcance para um baixo custo. Outra vantagem é que no estágio inicial do marketing de guerrilha, a divulgação atinge um patamar de grandes números com fomento e curiosidade causados pela originalidade na comunicação.

O marketing de guerrilha pode criar pequenos eventos com intuito de divertir e impressionar os que serão futuros clientes da empresa.

Os métodos do marketing de guerrilha não necessitam de padrões de publicidade que exigem altos custos com estrutura, basta que a ideia seja original, que não agrida ou tenha restrições quanto á resposta do público que pode interpretar a mensagem de forma negativa, o que pode ocasionar litígios ao invés de sucesso.

De forma que o marketing de guerrilha se aplica á capacidade de estabelecer uma publicidade que seja original, criativa e interaja com o público.

Desvantagens do marketing de guerrilha

A empresa que anunciar com métodos deste marketing deve estar sempre inovando as formas de transmitir a mensagem, para que o anuncio não se torne maçante ou repetitivo, portanto deve ser sempre marcado por surpresa.

Outra desvantagem é a limitação do alcance quanto á localização e comunicação, por isso a empresa deve analisar bem qual a extensão e o público que deseja atingir.

Com o marketing de guerrilha a empresa não possui controle sobre os consumidores que terão ou não acesso á mídia, portanto a única forma de medir o sucesso é esperar a repercussão do fato, mas o importante é que o marketing utilize uma comunicação surpresa, agradável, positiva e que passe as vantagens e conceito do produto.




FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here