Planejamento financeiro empresarial



Planejamento financeiro empresarialO planejamento financeiro empresarial pode ter início em qualquer etapa do empreendimento. O mais recomendado é que seja feito mesmo antes de iniciar e fundar o empreendimento e/ou empresa, deve levar em consideração todos os aspectos financeiros calculados de modo visível e que possa ser monitorado.

A matemática do planejamento financeiro empresarial é algo volátil. No início do planejamento os custos e lucros têm um determinado valor, esse valor se altera sozinho dependendo da atuação da empresa e/ou empreendimento.




Por exemplo, ao obter um grupo de fornecedores diversos que suportará a obtenção de matérias-primas e/ou serviços para a produção de seus produtos e serviços, ao ocorrer um aumento de preço em série de seus fornecedores como conseqüência irá afetar o lucro e os custos da sua empresa.

CRIANDO O SEU ORÇAMENTO

O presidente de um país em parceria com representantes do povo montam o orçamento anual, orçamento este que decidirá de acordo com a verba recolhida de impostos e outras fontes, onde decidirá onde e como o dinheiro arrecadado será aplicado e em quais áreas e estados do país.

É importante este mecanismo funcionar corretamente em uma empresa. O empreendedor necessita saber o quanto está lucrando em cada produto e/ou serviço relacionado com o seu empreendimento. Também precisa saber o quanto gastou, o quanto teve de custos e com toda essa informação gerenciar o seu negócio de acordo com os números e valores obtidos.

Realizar uma tarefa desta de cabeça realmente não é algo fácil, embora alguns façam é recomendável que todo este planejamento seja elaborado de forma escrita. Faça uma lista detalhada de tudo com o que a sua empresa lucra e também com o que gasta, algumas dessas sugestões na lista seguinte pode inspirar mais idéias do que levar em consideração ao fazer esta lista. Veja:

• Gastos (saídas)

  • Fornecedores
  • Contas a pagar
  • Custo de desenvolvimentos de produtos
  • Custos relacionados aos recursos humanos
  • Campanhas publicitárias
  • Investimentos em equipamentos operacionais
  • Aquisição de tecnologia em linha de produção

• Lucros (Entradas)

  • Faturamento mensal
  • Parcerias com outras empresas
  • Vendas

Essas são apenas algumas sugestões de itens que poderá incluir em sua lista. Cada empresa tem as suas necessidades e métodos de operar, personalize a lista do modo que lhe atenda e desenvolva o seu método de gerenciamento que mais lhe gerar resultados.




PROJEÇÃO DE LUCROS

Entender como o lucro da sua empresa e seus mecanismos se relaciona com o mercado e os diferentes fatores que influenciam a sua ascensão ou declínio são importantes para evoluir o negócio. O empreendedor que entende a lógica do seu faturamento, o por que em um mês o lucro está em um determinado valor e em outro ter outro valor diferente, tem mais visão e mais olhos clínicos para enxergar oportunidades para melhorar o desempenho da empresa.

Diversas questões podem influenciar na projeção de lucros, terem a habilidade de ter uma estimativa prevista de lucro faz a diferença no faturamento da empresa. Questões simples até as mais complexas podem influenciar na projeção de lucros, como por exemplo, o desempenho de um funcionário em uma área chave de sua empresa. Se o funcionário não tem o suporte suficiente para render o seu trabalho dentro da empresa faz com que o desempenho da empresa e os lucros acompanhem este atraso.

Tenha o hábito de estimar e por cálculos definidos ter uma meta de lucros e direcionar todos os esforços de colaboradores para que esta meta seja atingida no fim do período antes do faturamento. Quanto mais cedo intervir em áreas chaves de sua empresa mais terá sucesso em suas metas de ganhos.

INVESTIMENTOS

A empresa com os recursos atuais talvez não consiga atingir um desempenho econômico melhor do que o atual. Se for o seu caso, considere alguns possíveis investimentos, sejam em equipamentos, funcionários, modos de operação e outros. Estude estes investimentos e avalie se tal investimento será viável e se o retorno trará bons resultados.

Para avaliar o investimento no qual o empreendedor entende que seja uma necessidade da empresa é necessário ter em mãos todos os dados econômicos da empresa. É necessário saber o quanto se lucra, o que tem de custos e os empecilhos que afetaram a aquisição do investimento e tudo que se relacione com isto.


PROFISSIONAL FINANCEIRO

Em alguns casos o empreendedor não dispõe do tempo e da atenção necessária para cuidar da parte financeira da empresa. Considere a contratação ou sociedade de uma pessoa para gerenciar esta área, alguém de confiança que tenha o talento e a habilidade para gerenciar tudo de forma organizada e honesta.

Há consultorias na área financeira caso o empreendedor não deseje contratar alguém ou fazer sociedade com alguma pessoa. Diversas empresas oferecem serviços de consultoria e oferecem ótimas estratégias e ferramentas para o empreendedor analisar o orçamento e gerenciar todo este sistema dentro da empresa. Caso seja somente você que administre o seu negócio e empreendimentos considere as opções a seguir.

Há a opção de softwares financeiros pagos e gratuitos disponíveis na Internet para empreendedores. Recomendável para aquele empreendedor que gosta de monitorar tudo que acontece em seu negócio e saber os mínimos detalhes acerca disto. De preferência teste e use os programas antes de fazer a compra da versão pagas, existem diversos softwares de gerenciamentos financeiros e não são todos os que vão atender as suas necessidades.

Outra opção para gerenciar o seu orçamento que é o desenvolvimento de planilhas. Dependendo da habilidade do empreendedor em lidar com planilhas eletrônicos todo o seu planejamento financeiro pode ser gerenciado pelas planilhas.

SEMPRE MONITORE O PLANO

Por ser um plano, o planejamento financeiro empresarial como dito antes sofre mudanças em seus cálculos no decorrer do tempo. Sempre fique de olho nas operações físicas e ações que envolvam dinheiro dentro de sua empresa.

A economia de alguns centavos no custo dos materiais de insumo somados em série pode render uma ótima redução de gastos, principalmente quando se compra em enormes quantidades.

Fique atento também á imprevistos e faça planos secundários, principalmente em áreas chaves de sua empresa. Tenha sempre a disposição um “plano B”, como diz o ditado “o seguro morrer de velho”.




E você vai fazer seu planejamento financeiro empresarial? Deixe um comentário!




FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

2 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia!

    Sou aluna da universidade UNIP no curso de Recursos Humanos.
    Estamos elaborando um trabalho acadêmico e precisamos de informações sobre a consultoria.
    Qual o valor inicial necessário para um plano financeiro no segmento de Consultoria de Aeronauta e ou aeroviário?
    Quanto cobram?
    Quais são os diferencias de mercado da consultoria ?
    Simbolização mensal de custos, gastos, lucros e etc?
    Custos com produção, material, funcionários e etc.

    Aguardo posição,
    Juliana.

    :

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here