Planejamento e controle da produção: o que é, vantagens e como fazer



Planejamento e controle da produção: o que é, vantagens e como fazerVocê já ouviu falar de PCP ou Planejamento e controle da produção? Pois ambos são a mesma coisa, sendo que o primeiro é apenas a abreviação do segundo termo. Mas sabia que esta ferramenta pode te ajudar a ter mais lucro através do controle da produção?

Pois é, muitos empresários não utilizam esta ferramenta por não saberem de seus benefícios, mas vale a pena se informar sobre o que significa e como utilizar em sua empresa a fim de obter ainda mais lucros.




O que é PCP ou Planejamento e controle da produção?

Esta ferramenta é utilizada em um departamento próprio da empresa envolvido em realizar o planejamento e controle da produção. Ele tem como funções controlar e planejar as melhores formas de utilizar os recursos da produção, visando diminuir os custos, otimizar o uso dos recursos e o tempo de produção, bem como controlar a eficiência dos resultados e fazer as mudanças que achar necessário.

Em outras palavras, o departamento de planejamento e controle da produção deve se assegurar de que o produto seja entregue na data certa, na quantidade certa e para o cliente certo com a máxima qualidade.

Através disso, algumas perguntas relativas à produção poderão ser respondidas, como:

1° O que será produzido?

2° Quanto será produzido?




3° Onde será produzido?

4° Como será produzido?

5° Quando será produzido

6° Com o que será produzido?

7° Com quem será produzido?


Principais atividades do PCP ou planejamento e controle da produção

As principais atividades do planejamento e controle da produção seguem um fluxo de trabalho que visa obter o melhor resultado e podem variar devido a algumas modificações internas na empresa. Mas, no geral, seguem uma relação de fluxo que respeita as etapas de uma produção, sendo elas:

1 – Previsão da demanda ou previsão de vendas

Prever a demanda nada mais é do que saber quanto irá vender para então calcular a sua demanda de produção. Mesmo em casos onde os produtos são feitos sob encomenda, a previsão da demanda é muito importante para anteceder possíveis imprevistos sobre as peças ou no processo, gerando uma previsão um pouco maior.

Este planejamento visa dar uma resposta a curto, médio e longo prazos, sendo que a curto prazo ele prevê questões de estoque, a média prazo equivale um plano de seis meses a dois anos (podem ser um Plano Agregado de Produção e Plano Mestre de Produção) e a longo prazo, dizendo respeito a um planejamento de cinco anos ou mais envolvendo ampliação da capacidade de produção, desenvolvimento de novos produtos ou alteração na linha de outros já existentes, etc.

Esta previsão é importante para os demais processos do planejamento e controle da produção, pois poderá quantificar os recursos necessários para fabricação, mão de obra, etc.

2 – Planejamento de capacidade da produção

Depois de fazer a previsão de demanda fica fácil prever a capacidade de produção a médio e longo prazo.




Este planejamento é muito importante para que sejam feitos os planejamentos de novas aquisições de máquinas, matérias-primas ou até reduções, que não podem ser feitas em curto prazo.

3 -Planejamento agregado da produção

É feito com base no plano de médio a longo prazo para prever níveis de produção e estoque. Pode durar de 6 até 24 meses, conforme o tamanho e tipo de produtos fabricados. Outros fatores a serem considerados são contratações e demissões de pessoas para a produção, horas extras, logística, etc.

Para fazer este planejamento usa-se um grupo de produtos semelhantes e não os produtos individuais, pois desta forma o planejamento fica mais fácil.

4 – Planejamento mestre da produção

Também conhecido como PMP, o planejamento mestre define o planejamento a curto prazo, direcionando os recursos, máquinas, matérias-primas, etc. de acordo com a demanda de um período.

Tudo é feito de forma detalhada, já que não existe uma previsão incerta como no Planejamento agregado da produção, detalhando pedidos abertos, compras, etc.

5 – Planejamento de Materiais

Como o nome já se refere, nesta parte é preciso prever a quantidade exata de materiais que serão necessários para a produção. Assim, juntando a previsão de materiais, as necessidade detalhadas no planejamento mestre (PMP) e o controle de estoque fixo, é possível prever quanto deverá ser comprado de cada material para suprir as necessidades de produção.

Este planejamento está totalmente vinculado à gestão de estoques (muito importante em uma fábrica). Assim, deve-se considerar sempre os tipos de estoque existentes na empresa: produtos acabados, produtos em fase final e matérias-primas.

O objetivo deste planejamento é a redução de estoque, que por sua vez, diminuem a perda de capital de giro, pois estoque ocupa espaço de armazenamento, transporte e podem ter prazo de validade.

Desta forma, fazendo o planejamento de materiais é possível reduzir custos e conseguir uma boa gestão de estoques.

6 – Planejamento e controle da capacidade

Nesta fase, você deverá planejar a capacidade produtiva de uma fábrica em fazer determinada quantidade de produtos para prever o tempo gasto na fabricação do mesmo.

O planejamento permite a identificação de gargalos, programação de produção a curto prazo, estimativa de prazos importantes de entrega, além de facilitar planejamentos futuros através do fornecimento de dados.

Já a parte de controle visa acompanhar a capacidade de produção analisando se os objetivos estão sendo cumpridos de acordo com as previsões a fim de que sejam feitas adaptações, se necessário, de forma a corrigir possíveis problemas.

Desta forma, dá para medir se o planejamento foi feito de maneira correta e, se não, achar os problemas que podem ter afetado os resultados.

Através deste fluxo de planejamento e controle da produção é possível acompanhar a programação feita no planejamento e ver se condiz com o controle da mesma, garantindo a máxima eficiência.

É uma boa forma de buscar excelência na produção de uma empresa ao mesmo tempo em que se reduzem os custos com coisas desnecessárias, como, por exemplo, estoque. Assim, investir no planejamento e controle da produção em uma empresa que vive de fabricação é uma das formas de ganhar mais dinheiro utilizando as ferramentas administrativas corretas e investindo nos departamentos necessários.




FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

2 COMENTÁRIOS

  1. Gostaria de parabeniza-la por este artigo tão simples, porém tão objetivo e esclarecedor, tudo que eu precisava para concluir um tabalho de faculdade.
    Obrigada por dividir seus conhecimentos! Érika

    :
    • Olá Érika,

      Que bom que o artigo pôde te ajudar no trabalho da faculdade. Esta é realmente a intenção da Casa da Consultoria: ajudar tanto estudantes quanto empreendedores a entenderem sobre os assuntos importantes do mundo dos negócios.

      Abraço!

      :

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here