A verdadeira Crise



A crise econômica nada mais é do que a crise da falta, falta que desencadeia castelos suntuosos em detrimento da escassez de condições básicas de sobrevivência, o mais grave não é a bolha que se alastra por entre os olhos desconhecidos no mercado econômico, mas a falta de programa para interpretar os dados inseridos de forma aleatória nas entrelinhas da comunicação, o engraçado é que os paliativos se transformam em padrões não pela falta de ferramenta ou do conhecimento dos administradores do estado, mas pela escassez de educação que permuta com a falta de dinheiro ou quem sabe a falta de conhecimento para lidar com ele.

Ao desenvolver o capitalismo ao suscitar a democracia esqueceu-se da base de todo ato democrático, a educação, não aquela que diz que o alfabetizado é aquele que lê e escreve, mas aquele que lê o mundo e o interpreta à luz do próprio conhecimento o caminho que o levará a uma sociedade igualitária que jamais surgirá por obra do acaso ou do nascimento de um líder humanitário, pois na ânsia da salvação em um mar de aflição se segura quase sempre no gogo dos desavisados que simplesmente se lançam na boa ação sem um prévio conhecimento de como lidar com o ser humano em sua escassez na qual jamais prevalecerá à ética e sim a necessidade de manter-se vivo tal qual raposa fugindo do lobo e as conseqüências estão na boca dos que calam na roupa dos que compram e na casa dos abandonados, abandono de si próprio por não saber se posicionar em um mundo de ciclos reduzidos e futuro incerto.







FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

2 COMENTÁRIOS

  1. ola estou concluindo um curso na área administrativa e preciso fazer um planejamento financeiro de uma micro-empresa. gostaria que me enviasse algumas informações a respeito. grata Eliene

    :

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here