Habilidades profissionaisO mercado de trabalho está cada vez mais concorrido e atualmente o que significa competência mudou bastante, pois são exigidas as habilidades profissionais capazes de auxiliar a empresa neste momento tão competitivo de tantas mudanças e necessidades de respostas rápidas ao mercado.

Por isso, a eficiência profissional e a experiência não são suficientes para tornar o profissional competente, as empresas exigem também habilidades comportamentais que definirão a capacidade do indivíduo em solucionar problemas e contribuir com a empresa diariamente.

O que as empresas esperam das habilidades profissionais

Para saber quais as habilidades profissionais mais esperadas no mercado de trabalho, é necessário saber o que as empresas esperam do profissional.

As grandes empresas com unidades em vários locais do mundo e mesmo empresas em franca expansão, esperam do candidato a uma vaga habilidades como a disponibilidade de residir em outro local do país e do mundo, por isso logo no processo seletivo já é avaliado se o candidato possui flexibilidade e inciativa, a despeito de sua condição civil, idade, sexo, religião e outros.

O que é avaliado por meio de técnicas de seleção é a capacidade do indivíduo em prestar serviço onde a empresa solicitar.

Os profissionais experientes ou profissionais que iniciam a carreira buscam, é a possibilidade de entender o que as empresas exigem e como esses profissionais devem adquirir de habilidades para que haja desenvolvimento profissional.

Para esses profissionais a dica é entender e aceitar que são os colaboradores os responsáveis pelo crescimento e boa imagem da empresa no mercado, por isso no ambiente de trabalho tem sempre profissionais que se destacam e lideram por fazer com que a empresa seja cada vez mais competitiva.

O que muitos profissionais não entendem é que o sucesso profissional se alinha a uma dedicação planejada, pois é necessário se tornar bom no que faz sem deixar de lado as habilidades comportamentais.

Para isso, vamos entender quais habilidades profissionais são necessárias para o mercado de trabalho abaixo:

-Espirito empreendedor: essa habilidade cada vez mais exigida pelas empresas denota se o profissional possui paixão pelo que faz, e ainda se é aquele profissional que está sempre pronto para enfrentar novos desafios e trabalhar afinco mesmo em épocas de crises, ou seja, possuir habilidades natas de um indivíduo com espírito empreendedor.

-Credibilidade: essa habilidade é uma das mais cotadas no mercado de trabalho e mede a capacidade do indivíduo de cumprir as tarefas mais simples até as mais complexas de suas responsabilidades, por isso se existe alguma dificuldade, a solução é exercer outra habilidade que é a comunicação e assim expressar o quanto o indivíduo necessita auxílio para cumprir determinada atividade. Parece simples, mas admitir o que não se sabe é sempre um desafio e do contrário o profissional poderá perder sua credibilidade.

-Educação continuada: ser um eterno aprendiz é uma habilidade cada vez mais respeitada no mercado de trabalho, principalmente nas empresas em que o aprendizado é um diferencial, e são essas empresas que realmente valorizam o bom profissional e em consequência são empresas que mais se destacam no mercado e que valorizam o currículo deste profissional.

É difícil não possuir esse valor, pois estamos na era da informação e conhecimento e por isso, os profissionais devem estar abertos a novos aprendizados, em contrapartida as empresas procuram profissionais que participarão de cursos e treinamentos sem hesitar.

-Gestão de projetos: cada vez mais as empresas procuram profissionais com competências chaves, isso reduz custos com treinamento e faz com que o treinamento oferecido seja mais eficiente, isso porque, as empresas engajam seus recursos para lançamento de novos projetos para acompanhar o mercado, e isso exige um time de profissionais que estejam preparados a lidar com um ambiente de projetos.

Esse profissional deve estar preparado para lidar com um ambiente de gestão de projetos para atender diversas necessidades das empresas.

-Flexibilidade: essa habilidade é bem pedida no mercado de trabalho, pois as condições de mercado em que as empresas estão inseridas exigem profissionais que saibam lidar com diversas situações e não escolhem tarefas, e ainda possuem bom desempenho em atividades operacionais, administrativas, técnicas e outros.

-Capacidade crítica: essa habilidade é cada vez mais exigida por profissionais que assumem cargos de nível superior, pois a preparação na universidade é justamente para criar a capacidade de criticar. Esses profissionais são capazes de avaliar as atividades desenvolvidas e identificar formas de fazer com que as atividades sejam mais simples, práticas e realizadas com maior qualidade.

-Inteligência emocional: a inteligência emocional é uma habilidade essencial e vista como um bicho de sete cabeças, mas essa habilidade é apenas a capacidade de lidar com situações difíceis mantendo o autocontrole das emoções para tomada de decisões mais acertadas e com capacidade de resolução.

-Capacidade de relacionamento e trabalho em equipe: ter facilidade de relacionamento e saber trabalhar em equipe é uma das habilidades mais respeitadas no mercado de trabalho, pois exige que o profissional saiba lidar com conflitos e conviver com diferenças.

Esse profissional adquire capacidade de liderar e de manter a equipe unida e integrada, com o simples passo dado, é que a capacidade de trabalhar em equipe e lidar com diferentes valores, culturas, situações e habilidades e competências diversas.

-Visão do negócio: é outra habilidade essencial, porém diversos profissionais possuem dúvidas sobre como desenvolver essa habilidade que apesar de simples, acaba sendo protelada até por executivos que deixam de possuir visão de negócio por possuir informações sobre o setor em que atua e sobre o que torna o setor competitivo, dessa forma a visão de negócio é uma habilidade bem plausível.

-Postura profissional: essa habilidade exige que o profissional saiba separar o lado humano do profissional e assim exerça suas atividades com imparcialidade, impessoalidade e ética, e ao mesmo tempo respeitando os interessados e com senso crítico e capacidade emocional nas crises para buscar melhores soluções mesmo em situações de adversidades, ser profissional é um desafio diário.

Outro paradigma é o profissional procurar emprego apenas pelo status e esquecer que mesmo o emprego que não possibilita status pode ser aquele que haverá maior chance de se destacar fazendo bem a função que assumiu e refinando a experiência profissional.

Concluindo, sabe-se que todo profissional tem seu ponto fraco, mas a força de vontade e a informação faz com que o profissional trabalhe com suas habilidades profissionais, e assim consiga melhores chances no mercado.

Dicas da Casa da Consultoria

Se você não domina todas as faces de um novo negócio, nunca, mas nunca mesmo, comece o mesmo sem a assessoria de um bom profissional. Não faça a sua empresa de cobaia. Você tem que ser bom só naquilo que faz todo dia. Para tudo que é eventual, como um plano de negócio ou um plano estratégico, chame quem faz todo dia. Lembre-se, cada macaco no seu galho. Além disso, conversar com um bom consultor e orçar os serviços dele não vai custar nada e já vai te dar muita informação. Saiba mais.
Sou Andrea Alexandre dos Santos, Administradora, já participei de projetos voltados para a área de educação, informática, consultoria, gestão e empreendedorismo.
  1. aquiles pizetti burigo Responder
    achei o trabalho muito interessante, tenho conviçao de que se tiver mais um ou uma ferramenta que acho forte seria que o interessado em assumir uma postura oprofissional colocaria seu esforço em trabalhar por resultados, pois resultados para o empreeendedor e ser estar convicto de aumentar a prorpria entidade para o sucesso. muito obriagado

Deixe um comentário

*

captcha *

Wordpress SEO Plugin by SEOPressor