Diagrama de Pareto

2
1555

Diagrama de ParetoTambém conhecido como Curva ABC, o Diagrama de Pareto é uma ferramenta administrativa usada para destacar os elementos de um grupo de acordo com a sua importância. Além disso, o diagrama permite a divisão desses conjuntos em diversas partes.

Ele é representado através de um gráfico de barras que permite uma melhor visualização das prioridades, bem como o estabelecimento de metas.

O nome desta ferramenta administrativa é em homenagem ao economista Vilfredo Pareto, um italiano que usou este gráfico no ano de 1897 para provar que a distribuição de renda era feita de forma desigual. Um pouco depois, Juran usou o Diagrama de Pareto para separar e classificar problemas relacionados à qualidade em triviais e vitais. Assim, Juan deu o nome de Análise de Pareto ao método.

Quando e usar o Diagrama de Pareto

O Diagrama de Pareto é utilizado quando existem vários elementos em uma lista e precisamos ressaltar a importância de cada um deles. Um exemplo prático é um processo, onde o diagrama divide as funções em A, B e C, dando o nome também de Curva ABC à ferramenta.

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 5 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

Seu destaque maior é na estratificação, ou seja, no agrupamento de dados sob diversos pontos, já que o Índice de Nihans pode também selecionar os itens de acordo com a importância.

Em outras palavras, podemos dizer que o Diagrama de Pareto serve para tornar mais clara a relação entre ação e benefício priorizando dessa forma aquele que dará um resultado melhor para a empresa. Através da representação gráfica em barras, localiza-se facilmente a eliminação de perdas e ajuda a localizar os problemas da empresa.

Como fazer o Diagrama de Pareto

Antes de utilizar o Diagrama de Pareto é preciso ter em mente o objetivo maior desta análise: qual o tipo de perda que você irá investigar? Já sabe? Então siga as seguintes dicas:

  • Seja mais específico em relação ao tipo de perda que você irá analisar,
  • Faça uma folha de verificação (ou tabela) com todos os aspectos que você irá analisar,
  • Preencha esta folha de verificação (ou tabela),
  • Veja qual a freqüência que ocorre cada categoria, agrupando como “outras” aquelas que possuem freqüência muito baixa. Organize tudo em ordem decrescente,
  • Faça o Diagrama de Pareto.

Para que o Diagrama de Pareto tenha a eficiência necessária, existem algumas dicas que ajudam na montagem deste processo:

  • Antes de finalizar o diagrama definitivo, teste várias categorias para chegar a um resultado conclusivo,
  • Não foque o problema em uma única escala, teste-o em diversas escalas,
  • Seja o mais específico possível ao dividir as categorias,
  • Colete as informações para o Diagrama de Pareto através de ferramentas administrativas como braisntorming,
  • Não se esqueça de colocar títulos no gráfico.

Esses simples passos do Diagrama de Pareto, seguidos da forma correta permitem a identificação de problemas que são muito mais graves do que outros triviais e mostra que, às vezes, a empresa está focando na resolução dos problemas errados ao invés de direcionar os esforços de melhoria para os que são realmente graves.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

2 COMENTÁRIOS

  1. Pensei que fossem ensinar como fazer passo a passo. Tenho dúvidas como chegar na demanda média. Tenho os itens, o valor unitário, mas não estou sabendo como chegar na demanda média. Se souberem, por favor me orientem.

    Grata,
    Sueli Valderez

    :

DEIXE UMA RESPOSTA