Aprenda 7 Estratégias da Apple Para Diferenciar Seus Produtos Da Concorrência

0
4716

Conheça os 7 fundamentos, utilizados pela empresa mais valiosa do mundo, sobre como agregar valor aos produtos e se destacar da concorrência e aplique ao seu negócio

Steve Jobs, co-fundador da Apple, é sem dúvidas um dos maiores empreendedores de todos os tempos ao lado de grandes nomes como Bill Gates e Henry Ford.

Mas o que faz com que os produtos da Apple sejam sucessos de vendas tendo seus estoques de lançamento esgotados em poucas horas a cada novo produto introduzido no mercado?

Analisaremos nesse artigo algumas técnicas utilizadas pela Apple e outras grandes empresas para se diferenciarem no mercado. A boa notícia é que esses princípios podem ser utilizados por qualquer empreendedor, independente do tamanho e área de atuação da sua empresa.

Conhecer O Custo De Produção

Sua Ideia de Negócio é Lucrativa?

Saiba quais são as 5 Perguntas Poderosas que podem salvar seu negócio antes mesmo dele ser criado. Evite cometer os ERROS COMUNS dos empreendedores de primeira viagem. Saiba mais...

PS: No final eu apresento uma ferramenta que pode triplicar suas chances de sucesso com um negócio próprio. Clique aqui!.

É fundamental que o empreendedor seja capaz de apurar o real custo dos produtos da sua empresa. Isso permite a elaboração de um preço de vendas coerente com o mercado e a concorrência.

Porém, para um grande número de empresas, o custo não é o fator determinante na formação do preço. Por meio de estratégias voltadas para o consumidor, essas empresas conseguem diferenciar-e da concorrência, o que lhes permite uma vantagem competitiva, que possibilita a obtenção de um sobre preço ou aumento no volume de produtos comercializados.

Diferenciação do Produto

A diferenciação indica o grau de conhecimento de um produto, que os consumidores têm em relação ao universo de comercialização e até que ponto suas intenções de compra são por ela influenciadas. Seguindo-se esse conceito, pode-se afirmar que, quanto menos intensa for nossa percepção, maiores variações na determinação dos preços poderão ser assimiláveis.

A diferenciação pode ser obtida de muitas formas:

  • Algumas objetivas e mensuráveis, como durabilidade, desempenho e composição do produto;
  • Outras de natureza estática, como design, conforto, estilo e cor;
  • Ainda outras, de difícil percepção e quantificação, mas que atendem às necessidades dos consumidores, como por exemplo, o desejo de prestígio e de ser reconhecido pela sociedade, etc;

Neste artigo você conhecerá 7 princípios simples e eficazes de diferenciar seus produtos para ganhar espaço no mercado, seguindo o exemplo da Apple.

1 – Desempenho Técnico

Essa forma de diferenciação é largamente utilizada na comercialização de produtos industriais, em que o desempenho técnico superior tem grande possibilidade de justificar um adicional de preço. Tal condição torna-se ainda mais favorável quando o custo do componente é pequeno em relação ao custo total do produto final, mas seu funcionamento eficiente é fundamental para o bom andamento da operação.

Os produtos Apple são referência em qualidade e desempenho. A empresa investe bastante em pesquisa e na qualidade de produção, utilizando sempre as melhores matérias-primas. Isso dá ao consumidor, certeza de que está adquirindo um produto que atenderá suas necessidades em relação ao desempenho, tanto de hardware quando de software.

2 – Design

O design do produto é um elemento bastante utilizado na diferenciação de produtos, principalmente no que se refere a itens cuja utilização é claramente identificável.

Esse instrumento é fundamental nos segmentos de bens de uso pessoal (roupas, relógios, óculos, etc) e artigos da indústria moveleira, sendo também bastante utilizado na indústria automobilística.

É importante lembrar que design é um fator muito subjetivo e a empresa deve elaborar um teste de mercado com o público-alvo para avaliar sua resposta antes de lançar o produto no mercado.

O design inovador é uma característica marcante dos produtos Apple que têm suas novidades de design rapidamente copiadas pela concorrência.

3 – Outras Características Físicas

Gosto, cheiro, cor e tamanho estão entre as principais características físicas exploradas pelas empresas para diferenciar seus produtos da concorrência, procurando, com isso, um adicional de preço ou um aumento na sua fatia de mercado.

A Apple explora essas características muito bem utilizando um mesmo design para vários produtos com tamanhos diferentes como iPods, iPhones e iPads.

4 – Embalagem

Para certos produtos, a embalagem é muito mais que um invólucro destinado a proteger seu conteúdo. Em alguns segmentos, como por exemplo, o de cosméticos, é comum encontrarmos produtos cuja embalagem possui custo mais elevado que o bem comercializado, sendo muitas vezes, o principal atrativo da venda.

Nos produtos Apple as embalagens são parte fundamental da experiência de compra do consumidor. Além de investir no design dos produtos a empresa sempre surpreende pelo design das embalagens.

5 – Serviços

Até algum tempo atrás, o nível de serviço era uma característica que tinha grande influência, principalmente no mercado de bens industriais. Diante da evolução ocorrida no comportamento dos consumidores, esse item passou a ser não somente um diferencial de preços, mas muitas vezes, o fator determinante na ocorrência da venda, também no mercado de bens de consumo.

A Apple conseguiu atrelar seus produtos com uma rede de serviços diferenciados que são oferecidos aos seus consumidores como a AppStore e o iCloud, por exemplo.

6 – Marca

A marca é atualmente um dos principais diferenciadores de produtos. Sua existência pode conceder ao produto uma ou várias das características de diferenciação até aqui apresentadas.

A utilização da marca pode se dar de duas formas:

  • Desenvolvimento próprio: a empresa cria marca própria e investe em propaganda e outros instrumentos de marketing para torná-la reconhecida no mercado; e
  • Licenciamento ou franquia: a empresa adquire o direito de utilizar determinada marca de terceiro, mediante uma remuneração combinada entre as partes.

O desenvolvimento de uma marca própria, embora permita à empresa imprimir a seus produtos uma personalidade única, assim como isentá-la do pagamento dos royalties, normalmente existentes quando se adquire uma marca de terceiros, traz como principal desvantagem a necessidade de um investimento inicial elevado.

Quem compra um produto Apple está, automaticamente, se enquadrando em um grupo de pessoas que se tornam muito mais do que consumidores. Os clientes da marca Apple se tornam verdadeiros fãs dos produtos e isso reforça o apelo da marca.

7 – Diferenciação Por Volume

A adoção de preços diferenciados, em função do volume adquirido pelos clientes, é uma estratégia que tem como objetivos principais:

  • Dar aos clientes que compram em grandes quantidades uma vantagem competitiva em relação aos demais;
  • Reduzir os custos de produção, armazenamento e transporte;
  • Influenciar o volume de pedidos, de tal forma que possam ser atingidas metas determinadas de produção e custos;
  • Desovar estoques excessivos de produtos.

A diferenciação por volume pode ter duas dimensões: o desconto estar relacionado a um produto individualmente ou ao total de um pedido. Além disso, o “volume” pode ser medido em termos de valor ou quantidades físicas.

A Apple utiliza uma rede de produtos e serviços para por em prática essa estratégia. Ao compra um produto da empresa o consumidor acaba comprando outros aparelhos, aplicativos e serviços.

FIQUE ATUALIZADO!

Receba Sacadas de Negócios Diretamente no Seu E-mail!

DEIXE UMA RESPOSTA