4  Ps do MarketingTodas as empresas para obterem sucesso em seus empreendimentos, negócios e projetos devem considerar os elementos do marketing que são: produto, praça, preço e promoção, ou seja, os 4 Ps do marketing.

O entendimento e gestão dos elementos do marketing é que determinarão as estratégias para o desenvolvimento do sucesso das empresas.

Para melhor esclarecimento da importância e contribuição desses elementos iremos conceituar os elementos do marketing:

-Produto: o produto é um dos elementos mais importantes do marketing mix e entre suas características estão:

  • Pode ser tangível ou intangível.

Outra característica importante para o produto é sua forma de aquisição, pois a forma de aquisição dos produtos depende do contexto consumidor, ou seja, os produtos são adquiridos de acordo com os benefícios ou a utilidade que possuem.

Os produtos possuem características tangíveis peculiares e próprias de cada um que são o tamanho, peso, durabilidade, embalagem, desenho industrial, rótulo e outras propriedades. Portanto, ao descrever produtos é necessário ter em mente o desempenho, a qualidade, a utilidade e o diferencial.

Entre as características intangíveis dos produtos estão a qualidade, reputação, manutenção, posicionamento, garantia, marca, status e marketing.

São os aspectos intangíveis que faz com que o produto seja um elemento de marketing. Afinal, acompanham o produto a percepção e agregação de valor e estratégias de preços e vendas.

Marketing do produto

Para ter-se um marketing de produto é necessário que a empresa se envolva na gestão do planejamento de marketing, análise e pesquisas de mercado, estratégias de lançamento, pesquisa e desenvolvimento do produto.

Questões quanto ao produto

Referente ao marketing do produto os empresários devem se preocupar com as seguintes questões que são cruciais para a empresa desenvolver mercados e se manter no mercado com competitividade. Questões como:

-Quais produtos produzir: essa decisão requer uma resposta acertada e pautada em uma decisão com base em informações sólidas sobre o mercado, o setor, atividade em que a empresa está inserida. Ou seja, é uma decisão que requer planejamento, pouca margem de erro, pois é necessário acertar nesse quesito de forma qualitativa e quantitativa.

A capacidade da empresa em produzir tais produtos, custos, concorrências, qualidade, tudo isso, deve ser levado em conta.

-Quais produtos lançar: o lançamento de produtos é uma questão que envolve a empresa de forma estratégica, tática e operacional. Pois, envolve questões como a penetração do produto, diferenciação, desenvolvimento de mercado e mecanismos de marketing como promoções, segmentação e outros.

-Quais produtos abandonar: sobre quais produtos abandonar é necessário verificar se houve modificação no mercado, melhoria no estilo de produtos concorrentes, produtos similares, verificação também das formas de vendas e entrada no mercado e custos envolvidos.

Muitas vezes, a saída de produtos representa para a empresa vantagens e sucesso estratégico.

Preço

Preço é um elemento importante no mix de marketing, visto que, implica na competividade, receptividade dos produtos e o mais essencial e crítico dos fatores: as vendas. Portanto, precificar é uma das tarefas mais importantes para o trabalho de marketing.

O preço envolve fatores como custos, concorrência e mercado. Para precificar é necessário, portanto, lembrar que o consumidor é que estabelece o preço.

Por isso, a empresa trabalha com o preço que é escolhido pelo consumidor, que varia de acordo com mecanismos de mercado e concorrência ou ainda de acordo com os objetivos empresariais sobre o estabelecimento do preço.

Objetivos do preço

Para a empresa precificar de forma estratégia tem várias consequências e objetivos, dentre eles estão o crescimento nas vendas, espaço no mercado, maximizar os lucros e etc.

Os preços podem ser fixados por fatores internos ou externos, os fatores internos para fixação do preço são: os custos, a capacidade de a empresa produzir com qualidade e gerar valor, estratégia e outros.

Fatores externos que implicam na fixação de preços é a concorrência, comportamento consumidor, aceitação, promoções, publicidade e outros.

Neste aspecto valor pode ser denominado como o quanto o consumidor está disposto a pagar em troca de benefícios.

Precificação

Para precificar de forma estratégica as empresas devem considerar elementos como:

  • Consciência das necessidades e expectativas dos clientes;
  • Conhecimentos de produtos que são similares ou substitutos;
  • Consideração da qualidade e valor agregado;
  • Previsão de demanda e tamanho do mercado;
  • Estratégia de lançamento do produto.

Ao se lançar um produto um dos fatores mais críticos é a definição do preço.

Entre as estratégias do preço para lançamento de produtos está:

-A desnatação: que consiste em lançar um preço inicialmente alto, esta estratégia visa atingir inicialmente um segmento da população que está disposta a pagar alto.

-Penetração do produto: esta estratégia é voltada para estimular a demanda e clientela em potencial, esta estratégia visa criar o mais breve uma clientela cativa.

Grau de sensibilidade

Alguns consumidores são bem sensíveis ao preço e alguns produtos formam um maior grau de sensibilidade.

Os consumidores que são mais sensíveis ao preço são aqueles que veem preços como um sacrifício financeiro. Esses consumidores são aqueles que se preocupam mais com o preço do que com a qualidade.

Sendo que, existem também os consumidores que alinham qualidade e preço baixo, ou os que consideram que um bom produto tem altos preços.

Conclui-se, que ao precificar é necessário conhecer a sensibilidade e percepção do consumidor quanto ao preço de vendas e qualidade e valor do produto.

Alguns fatores que fazem com que aumente a sensibilidade quanto ao preço dos preços:

  • Existência de substitutos;
  • Dificuldade de comparação;
  • Despesas em pós-vendas;
  • Benéfico final e custo compartilhado no caso de preço de serviços.

Praça

A escolha da praça de distribuição e venda dos produtos é uma das tarefas mais impontes para o marketing.

Para escolher uma praça de distribuição de forma estratégica é necessário avaliar diversos fatores:

-Logística: a logística é um dos fatores de competitividade mais importantes para as empresas, pois a logística determina a velocidade de entrega e a capacidade da empresa atender aos clientes, com os quesitos: tempo, qualidade e integralidade.

-Canal de distribuição: o canal de distribuição também revela diversos fatores como: tempo, custo e estratégia de trajetória, pois a trajetória do canal de distribuição escolhido determinará a velocidade de atendimento, o custo para a empresa e em consequência a cobertura e a qualidade dos processos.

Sobre a qualidade do processo de distribuição é necessário a empresas se concentrarem no que é necessário, ou seja, utilizar a tecnologia para estabelecer não só canais de distribuição mais eficientes como também com qualidade.

Promoção

A promoção é uma atividade de marketing para incentivar as compras dos consumidores de determinados produtos ou serviços.

O incentivo pela realização de compras trabalha com diversos mecanismos e ferramentas. Entre os mecanismos para promoção de vendas estão:

-Insistir: quem já não ouviu a máxima: “quem não é visto não é lembrado”, pois é, para estarem na mente dos consumidores, as empresas lembram os benefícios dos produtos ou serviços em diversos meios criando assim um canal de comunicação que espera resposta dos clientes ou consumidores.

Divulgação de produtos ou serviços trabalha com a frequência e a qualidade do meio e formas de comunicar produtos ou serviços.

A divulgação é apenas uma etapa da promoção, pois as empresas poderão se valer ainda dos mecanismos de promoções de formas direta ou indireta, portanto, as ferramentas para o marketing promocional são várias, como: a propaganda, liquidação, desconto, concurso e outros.

Uma publicidade eficaz traz para as empresas diversas vantagens entre elas estão o aumento de vendas, baixos custos, aceleração na rotação de estoques e reforça na imagem do marketing.

Para produto, tem-se que o importante é de que o produto atenda com seus benefícios e atributos as necessidades e expectativas.

Que a promoção crie expectativa e influência nas atitudes e comportamento dos consumidores. Que a praça trabalhe com um processo que garanta agilidade nas entregas e satisfação dos consumidores.

Todos os 4 Ps do marketing são importantes e não acontecem separadamente, necessitam de integração para funcionar, por isso, é necessário alinhar as estratégias.

Dicas da Casa da Consultoria

Se você não domina todas as faces de um novo negócio, nunca, mas nunca mesmo, comece o mesmo sem a assessoria de um bom profissional. Não faça a sua empresa de cobaia. Você tem que ser bom só naquilo que faz todo dia. Para tudo que é eventual, como um plano de negócio ou um plano estratégico, chame quem faz todo dia. Lembre-se, cada macaco no seu galho. Além disso, conversar com um bom consultor e orçar os serviços dele não vai custar nada e já vai te dar muita informação. Saiba mais.
Sou Andrea Alexandre dos Santos, Administradora, já participei de projetos voltados para a área de educação, informática, consultoria, gestão e empreendedorismo.
  1. Aldemar Bezerra Sampaio Responder
    Andrea, Parabéns pelo artigo publicado, muito esclarecedor e com certeza ajudará muito as pessoas que estão em dúvidas de como iniciar a realização de um sonho, que é ter seu próprio negócio. Tenho 50 anos de idade e estou atualmente desempregado, estou no 2º semestre de tecnologo em gestão financeira e inclusive estudei sobre o assunto dos 4Ps, mas sua explanação foi muito mais contundente e esclarecedora do que a do livro que utilizei. Se tiver qualquer artigo que possa me ajudar no estudo e planejamento de um novo negócio pode me enviar, agradeço de coração antecipadamente. Tenho duas máquinas de overloque e costuro embalagens de tnt para lojas de shopping ou mesmo para eventos. Se vc tiver alguma idéia que possa me ajudar agradeço. abraços

Deixe um comentário

*

captcha *

Wordpress SEO Plugin by SEOPressor